Pular para o conteúdo
Português English Español Français Italiano

Redes Sociais

Início do conteúdo

Homologada a inscrição das chapas para escolha dos Delegados Estatuintes da UFSM-CS

A Comissão Eleitora Central do do Campus Cachoeira do Sul e Comissão Elelitoral Setorial do Campus Cachoeira do Sul homologou, hoje (06), a inscrição das chapas para Eleição Setorial para a escolha dos Delegados Estatuintes do Campus da UFSM em Cachoeira do Sul, conforme memorando.

A chapa única inscrita foi:

Docente: Rogério da Silva Brittes

Técnico Administrativo: Júlio César Modesto da Silva

Discente: Letícia Oestreich Carvalho

 

As eleições setoriais de delegados da Estatuinte UFSM ocorrerão no dia 22 de junho.

Poderão votar: docentes do quadro da UFSM em exercício e aposentados; professores substitutos contratados antes da publicação do edital; técnico-administrativos em educação em exercício e aposentados, e estudantes regularmente matriculados no 1º semestre. Funcionários da Ebserh e terceirizados não votam.

A Comissão Eleitoral Central será composta por 18 membros: seis docentes, sendo dois lotados no campus de Santa Maria, um no campus de Frederico Westphalen, um no campus de Palmeira das Missões, um no campus de Cachoeira do Sul e um no campus de Silveira Martins; seis técnico-administrativos em educação, sendo dois lotados no campus de Santa Maria, um no campus de Frederico Westphalen, um no campus de Palmeira das Missões, um no campus de Cachoeira do Sul e um no campus de Silveira Martins; seis estudantes, sendo dois matriculados no campus de Santa Maria, um no campus de Frederico Westphalen, um no campus de Palmeira das Missões, um no campus de Cachoeira do Sul e um no campus de Silveira Martins.

Serão eleitos 300 delegados estatuintes no total, 270 da comunidade interna e 30 da comunidade externa, que corresponde aos representantes das Câmaras de Vereadores das cidades em que a UFSM tem presença.

Calendário eleitoral:

23 de maio– data limite para as unidades indicarem as Comissões Eleitorais Setoriais;

1º de junho– a partir das 8h, início do prazo de inscrição das chapas, na Comissão Eleitoral Setorial.

3 de junho– 17h: encerramento do prazo de inscrição de chapas;

6 de junho– 12h: homologação e divulgação das chapas inscritas; sorteio da ordem das chapas na cédula; início do prazo de impugnação de chapa;

7 de junho– 12h: encerramento do prazo de impugnação das chapas; 18h: julgamento dos pedidos de impugnação; 22h: divulgação do resultado dos pedidos de impugnação.

8 de junho– 0h01min: início da campanha.

15 de junho– Disponibilização, nas Comissões Eleitorais Setoriais, das relações dos votantes docentes, técnico-administrativos, estudantes e dos membros das mesas receptoras;

16 de junho– Início do prazo para impugnação de votantes e membros das mesas.

17 de junho– encerramento do prazo de impugnação de votantes e membros das mesas receptoras.

20 de junho– Julgamento das impugnações e homologação do registro dos votantes e dos membros das mesas receptoras;

21 de junho– 23h59min: encerramento da campanha eleitoral.

22 de junho– realização das eleições nas unidades, respeitados os seus horários de funcionamento, com um período mínimo de 8 horas. A partir da entrega da última urna: início da apuração pelas Comissões Eleitorais Setoriais; divulgação dos resultados, no local de apuração; abertura do prazo para encaminhamento de recurso à Comissão Eleitoral.

23 de junho– 24 horas após a divulgação dos resultados, dá-se o término do prazo de recurso.

27 de junho– Entrega dos resultados e da documentação da eleição à Comissão Pré-Estatuinte.