Ir para o conteúdo DAG Ir para o menu DAG Ir para a busca no site DAG Ir para o rodapé DAG
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Projeto Retalhos da Memória de Santa Maria – artigo 053 Curso de Estamparia Realizado no Centro de Artes em 1975



Fotografia quadrada, em preto e branco, de três pessoas, um homem e duas mulheres, ligeiramente de perfil esquerdo, enquadrados da cintura para cima, atrás de duas mesas de madeira retangulares com vidro sobre o tampo. A primeira mulher, com a pele clara, rosto comprido, nariz longo, cabelo escuro, curto e ondulado, veste um casaco, fechado, em tom escuro, e uma blusa de tom claro e de gola alta por baixo. Olha para uma folha sobre a mesa a sua frente e segura na mão direita uma caneta tinteiro; O homem, de pele clara, robusto, com rosto arredondado, cabelo escuro e parcialmente calvo, olha para a mulher à esquerda e sorri levemente. Está com a mão direita sobre a mesa e veste um suéter estampado com linhas inclinadas que formam losangos claros e escuros, e um paletó aberto em tom escuro; A mulher à direita, tem a pele clara, o cabelo curto e ondulado, dividido ao meio, com as pontas mais claras que a raiz, veste um casaco de lã fechado, em dois tons, sendo as mangas mais claras e uma camiseta escura. Olha para uma folha a sua frente e segura com a mão direita uma caneta tinteiro. Ao lado direito da mesa uma folha com desenhos pequenos que lembram peixes. Sobre os tampos de vidro, folhas para desenho, potes de tinta de tamanhos variados, régua, borrachas, um pedestal com espaço para doze canetas tinteiros, todos preenchidos, entre outros materiais para desenho. À esquerda e ao fundo, o encontro de duas paredes claras. Na parede atrás das pessoas, a parte inferior esquerda de uma janela coberta por duas persianas claras.

Desde a sua fundação, a Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) explora novos potenciais entre seus estudantes. Nesse âmbito, em 1975 o Centro de Artes consegue assinar convenio com o Ministério da Indústria e Comércio por meio do qual foi instituída a primeira fase do Curso de Criação de Estamparias. Assim a UFSM foi a primeira universidade que levou o ensino de design em estamparias ao âmbito universitário, possibilitando fornecer à indústria nacional novas padronagens de estamparia com técnicas aperfeiçoadas, usando a criatividade dos estudantes e os habilitando para o mercado de trabalho, dando atenção a um setor pouco desenvolvido no Brasil. No ano de 1992 houve a criação do curso de Especialização em Design para Estamparia.

Texto: Vágner Fabris, Acadêmico do 5° Semestre do Curso de História da UFSM.

Audiodescrição da imagem: Fotografia quadrada, em preto e branco, de três pessoas, um homem e duas mulheres, ligeiramente de perfil esquerdo, enquadrados da cintura para cima, atrás de duas mesas de madeira retangulares com vidro sobre o tampo. A primeira mulher, com a pele clara, rosto comprido, nariz longo, cabelo escuro, curto e ondulado, veste um casaco, fechado, em tom escuro, e uma blusa de tom claro e de gola alta por baixo. Olha para uma folha sobre a mesa a sua frente e segura na mão direita uma caneta tinteiro; O homem, de pele clara, robusto, com rosto arredondado, cabelo escuro e parcialmente calvo, olha para a mulher à esquerda e sorri levemente. Está com a mão direita sobre a mesa e veste um suéter estampado com linhas inclinadas que formam losangos claros e escuros, e um paletó aberto em tom escuro; A mulher à direita, tem a pele clara, o cabelo curto e ondulado, dividido ao meio, com as pontas mais claras que a raiz, veste um casaco de lã fechado, em dois tons, sendo as mangas mais claras e uma camiseta escura. Olha para uma folha a sua frente e segura com a mão direita uma caneta tinteiro. Ao lado direito da mesa uma folha com desenhos pequenos que lembram peixes. Sobre os tampos de vidro, folhas para desenho, potes de tinta de tamanhos variados, régua, borrachas, um pedestal com espaço para doze canetas tinteiros, todos preenchidos, entre outros materiais para desenho. À esquerda e ao fundo, o encontro de duas paredes claras. Na parede atrás das pessoas, a parte inferior esquerda de uma janela coberta por duas persianas claras.

Audiodescritora roteirista: Lisiane Gräff de Oliveira

Audiodescritores consultores: Fernanda Taschetto e Maicon Pierre

Artigo em Libras

Publicações Recentes