Ir para o conteúdo PRE Ir para o menu PRE Ir para a busca no site PRE Ir para o rodapé PRE
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Abertura do V Congresso de Extensão AUGM ressalta a Extensão universitária como transformadora de realidades

Evento segue até a próxima quarta, 15, na modalidade virtual



Foi realizada, na noite desta segunda, 13, a abertura do V Congresso de Extensão da Associação de Universidades do Grupo Montevidéu (AUGM), promovido pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM-Brasil). O evento, que está sendo realizado no formato virtual, reúne extensionistas de seis países da América do Sul e é considerado um dos maiores eventos voltados à Extensão Universitária do mundo. Participaram da cerimônia representantes da UFSM, da diretoria da AUGM e do Ministério das Relações Exteriores (Palácio do Itamaraty). A íntegra da transmissão pode ser acessada no canal da Pró-Reitoria de Extensão UFSM (PRE) no YouTube.

De acordo com o pró-reitor de Extensão UFSM, professor Flavi Ferreira Lisboa Filho, esta quinta edição do evento, ao retornar ao Brasil, fortalece e destaca a conexão entre as universidades e a sociedade em prol do desenvolvimento sustentável. O professor também apresentou os números expressivos do Congresso, que conta com 1.318 inscritos, 434 trabalhos submetidos para apresentação, lançamento de sete livros e a realização de 10 oficinas.

Patricio Sanhueza Vivanco, vice-presidente da AUGM e reitor da Universidad de Playa Ancha (Chile), ressaltou que a promoção do Congresso de Extensão é um momento muito importante, pois além de demonstrar a importância das universidades públicas, o evento também resgata a missão extensionista que nasce em 1918, na América Latina, durante a Reforma de Córdoba. Para Vivanco, é preciso enxergar as universidades como um local de abertura e de acolhimento dos problemas sociais, transformando o fazer universitário por meio das preocupações sociais. O professor finalizou a sua fala enfatizando que esta edição do Congresso coincide com grandes crises e com mudanças profundas na sociedade sul-americana, possibilitando que as instituições repensem o seu papel nas transformações sociais contemporâneas. 

Para o representante do Ministério das Relações Exteriores do Brasil, Ricardo Rizzo, a realização do Congresso de Extensão da AUGM sob o tema “Universidade e sociedade conectadas para o desenvolvimento regional sustentável” é extremamente importante para demonstrar a capacidade que as instituições de ensino têm de impactar na sociedade. O diplomata também lembrou o papel da AUGM no desenvolvimento regional sul-americano, promovendo o intercâmbio e a articulação de universidades da região com vistas aos territórios em que atuam. 

Paulo Afonso Burmann, reitor da UFSM, ressaltou a importância do evento da AUGM para superar os cenários desafios que a América do Sul passa, articulando práticas e saberes para cumprir as demandas que a sociedade apresenta às universidades. O reitor também lembrou que as Universidades brasileiras, sendo parte da estrutura estatal, estão sempre em busca do desenvolvimento regional sustentável e, através da extensão universitária, mantendo o diálogo com a sociedade e promovendo oportunidades para que os cidadãos possam se desenvolver.

A Cerimônia de abertura do V Congresso de Extensão da AUGM prosseguiu com a conferência Universidade e sociedade conectadas para o desenvolvimento regional sustentável, do professor e coordenador da Cátedra UNESCO em “Geoparques, Desenvolvimento Regional Sustentável e Estilos de Vida Saudável” na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (Portugal), Artur Agostinho de Abreu e Sá. Você pode ter acesso à conferência aqui

O V Congresso de Extensão da AUGM segue até a próxima quarta, 15, com diversas atividades. A programação completa pode ser acessada no site ufsm.br/pre/augm

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes