Ir para o conteúdo Cachoeira do Sul Ir para o menu Cachoeira do Sul Ir para a busca no site Cachoeira do Sul Ir para o rodapé Cachoeira do Sul
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Laboratório de Síntese e Caracterização de Nanomateriais (LSCNano) da UFSM-CS deposita sua 4ª patente de invenção



Na última sexta-feira, dia 12 de agosto, o Laboratório de Síntese e Caracterização de Nanomateriais (LSCNano) depositou sua 4ª patente de invenção, intitulada “SUPERCAPACITOR ELETROQUÍMICO LÍQUIDO FOTOSSENSÍVEL E MÉTODO DE PRODUÇÃO”, sob número BR 10 2022 015995-5. Os autores desta tecnologia, originaria no campus da UFSM em Cachoeira do Sul, são os alunos André Luiz Ramos Prado (Engenharia Elétrica), Ingridi dos Santos Kremer (Engenharia Elétrica), Eloisa da Rosa (Engenharia Mecânica), orientados pelo professor Dr. Jocenir Boita, Físico Experimental com ênfase em Nanotecnologia.

A nova tecnologia defendida, corresponde a uma quebra de paradigma na Ciência que a conhecemos, principalmente voltada a área de armazenamento de energia na forma capacitiva. O supercapacitor a base de nanopartículas de Fe não necessita de um circuito elétrico para seu carregamento, pois se enquadra em tecnologias renováveis, utilizando-se da própria luz artificial ou natural para seu carregamento, o qual pode permanecer em atividade por décadas. A sua capacitância com apenas 1 ml de solução, atinge valores na ordem de Farad (F). Esta tecnologia pode vir a auxiliar os sistemas de armazenamento de energia, de forma mais econômica e sustentável.

O Laboratório de Síntese e Caracterização de Nanomateriais (LSCNano) teve seu início em abril de 2015, sendo oficializado em maio deste mesmo ano. Ao longo do tempo, vem se dedicando a construção do conhecimento com Ciência pura e aplicada nas mais diversas áreas do conhecimento, utilizando de uma das suas principais vertentes na atualidade “Nanotecnologia”. O LSCNano vem, desde 2015, formando recursos humanos com ênfase nos mais diversos temas voltados a nanomateriais inovadores e sustentáveis, engajando alunos e professores neste ramo da Ciência.

Além desta patente depositada na última semana, o LSCNano já possui outras três, das quais uma já foi concedida como patente verde, sendo elas:
• BR 102016006952-1 – PROCESSO DE OBTENÇÃO DE NANOCOMPÓSITO – depositada em 2016, concedida como patente verde em 2017;
• BR 10 2019 007250 4 – BLOCO DE CONCRETO CELULAR NANOESTRUTURADO, PROCESSO DE OBTENÇÃO DE BLOCOS DE CONCRETO CELULAR NANOESTRUTURADO, USO DE CINZA DE CASCA DE ARROZ, USO DE RESÍDUO DE ÁGATA E USO DE NANOCOMPÓSITO – depositada em 2019;
• BR 10 2020 004769 8 – PROCESSO DE OBTENÇÃO DE CATALISADOR DE FERRO METÁLICO, CATALISADOR DE FERRO METÁLICO, PROCESSO DE CATÁLISE E USO DE UM CATALISADOR – depositada em 2020.

Divulgue este conteúdo:
https://ufsm.br/r-376-3875

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes