Ir para o conteúdo UFSM Ir para o menu UFSM Ir para a busca no portal Ir para o rodapé UFSM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Segunda temporada do espetáculo Som e Luz em Corpos começa nesta sexta (23)



“Som e Luz em Corpos” é uma experiência estética que une a dança e o patrimônio cultural (foto: Maysa Frizzo)

Através do Projeto de Extensão “De terra seus corpos”, coordenado pelo Prof. Dr. Odailso Berté, do Curso de Dança-Licenciatura da UFSM, acadêmicos e docentes remontaram, em 2018, o espetáculo Som e Luz em Corpos. Trata-se da coreografia do tradicional espetáculo de Som e Luz do Sítio Histórico de São Miguel Arcanjo, realizada in loco, durante a exibição dessa obra. O espetáculo é pioneiro no Brasil, por colocar em relação a dança contemporânea com o patrimônio cultural e assim agregar à experiência estética do púbico visitante do sítio histórico exuberantes efeitos visuais gerados pelos movimentos dos corpos junto às antigas ruínas.

Em torno desse trabalho artístico, estão sendo desenvolvidas oficinas de dança contemporânea com crianças, jovens e professores de São Miguel das Missões, com o objetivo de formar um elenco local para integrar o espetáculo. A comunidade Guarani da Aldeia Tekoá Ko’Enju também integrou-se ao projeto, solicitando oficinas de dança que estão sendo realizadas na Escola Estadual Indígena de Ensino Fundamental Igineo Romeu Ko’ẽju, da própria aldeia. Por meio de uma metodologia de criação artística compartilhada, jovens e professores da aldeia Guarani têm realizado, junto aos acadêmicos e docentes da UFSM, uma troca de experiências culturais que culminará com a participação de todos nas apresentações do espetáculo Som e Luz em Corpos, a partir do mês de outubro, no aniversário do espetáculo (11 e 12 de outubro).

Conforme o diretor do espetáculo, Odailso Berté, “A participação inédita dos Guarani nesta obra artística, realizada no palco natural das Ruínas de São Miguel, marca uma importante ação política e sociocultural, onde estes sujeitos se apropriam dessa narrativa criada por brancos sobre a sua história, fazem críticas, e investem sua corporeidade transformando os modos como essa obra tem sido exibida e assistida por mais de quatro décadas, ao protagonizarem essa história que é sua”.


A segunda temporada de 2019 do Som e Luz em Corpos inicia nos dias 23 e 24 de agosto e segue nas seguintes datas: 20 e 21 de setembro, 11 e 12 de outubro, às 20h; 08, 09 e 15 de novembro; 06, 07, 20, 21, 27, 28 e 29 de dezembro, às 20:30h, no Sítio Histórico de São Miguel Arcanjo.

A realização deste projeto é um convênio da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e da Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência (FATEC), com a Prefeitura Municipal de São Miguel das Missões. A produção artística é do Laboratório Investigativo de Criações Contemporâneas em Dança (LICCDA), direção geral de Odailso Berté, e coreografia de Crystian Castro e Mônica Borba. O Projeto conta ainda com o apoio do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e do Museu das Missões – Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM).


Publicações Recentes