Ir para o conteúdo UFSM Ir para o menu UFSM Ir para a busca no portal Ir para o rodapé UFSM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Reunião entre UFSM e Emater define quinta fase do projeto Flores para Todos no RS



Foto colorida horizontal com oito homens e mulheres sentados em volta de uma grande mesa azul, em uma sala de paredes verdes com uma janela, todos olhando para a câmera
Reunião contou com a presença do pró-reitor substituto de Extensão e demais representantes da UFSM

Em reunião no Escritório Regional da Emater/RS-Ascar de Santa Maria na terça-feira (21), foi realizado o planejamento da quinta fase do projeto Flores para Todos no Rio Grande do Sul, que terá como objetivo o plantio dos gladíolos para comercialização no Dia das Mães de 2020. 

Estiveram presentes o pró-reitor substituto de Extensão da UFSM, Rudiney Soares Pereira, a coordenadora da Equipe PhenoGlad da UFSM, Lilian Osmari Uhlmann, a gerente regional da Emater de Santa Maria, Regina Santarem Hernandes, o gerente adjunto, José Renato Cadó, além de integrantes da Equipe PhenoGlad da UFSM e da Emater Regional de Santa Maria, que coordenam o projeto. Durante a reunião, foram planejadas e definidas as datas das visitas técnicas aos produtores e escolas, totalizando quatro visitas durante o cultivo dos gladíolos.

Na Região Central do RS, sob a jurisdição da Emater Regional de Santa Maria, participarão sete municípios: Silveira Martins, São Vicente do Sul, Cachoeira do Sul e Toropi, com a produção sendo realizada em produtores familiares, e Faxinal do Soturno, Itaara e Júlio de Castilhos, com a produção dos gladíolos em escolas rurais dos municípios. Nos municípios da Quarta Colônia de Imigração Italiana (Faxinal do Soturno e Silveira Martins), o projeto será conduzido em parceria com o Projeto Geoparque Quarta Colônia.

Além da Região Central do RS, a quinta fase do projeto estará presente em cinco municípios no Vale do Rio Pardo, sob a jusrisdição da Emater  Regional de Soledade (Herveiras, Mato Leitão, Jacuizinho, Venâncio Aires e Pantano Grande), com o cultivo em duas escolas rurais (em Jacuizinho e Herveiras) e em cinco produtores. O projeto também será expandido para uma escola e um produtor no município de Panambi, sob a Juridição da Emater Regional de Ijuí, e em um produtor de Morro Redondo, sob a jurisdição da Emater Regional de Pelotas.

Ao todo, serão 14 municípios no RS beneficiados na quinta fase do projeto, nos quais serão plantados 3.600 bulbos de gladíolo, com expectativa de colheita de 7.200 hastes florais de gladíolo. Com esta produção, se buscará atingir os dois principais objetivos do projeto, que, a nível de produtor, é introduzir a floricultura como alternativa de renda e de diversificação de culturas para pequenos agricultores familiares, e, nas escolas rurais, visa à produção de hastes florais para a decoração de festas nas próprias escolas e nas comunidades de abrangência.

Além da produção nos 14 municípios participantes da quinta fase do projeto, serão plantados 2.040 bulbos por produtores que participaram das fases anteriores do projeto, sendo 11 produtores que participaram da quarta fase, uma produtora da terceira fase, uma escola da segunda fase e dois produtores da primeira fase, totalizando uma produção esperada no Rio Grande do Sul de 11.280 hastes florais de gladíolo no primeiro semestre de 2020. O planejamento do plantio para os diferentes municípios é realizado com o aplicativo PhenoGlad Mobile, desenvolvido pelas Equipes PhenoGlad da UFSM e da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).  

Mais informações sobre o Flores para Todos no link.


Publicações Recentes