Ir para o conteúdo UFSM Ir para o menu UFSM Ir para a busca no portal Ir para o rodapé UFSM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Núcleo de Estudos em Geografia, Agricultura e Alimentação

NÚCLEO DE ESTUDOS EM GEOGRAFIA, AGRICULTURA E ALIMENTAÇÃO (NUGAAL)

Ver no Diretório de Grupos da CNPq Pesquisa Em Atividade

Apresentação

NÚCLEO DE ESTUDOS EM GEOGRAFIA, AGRICULTURA E ALIMENTAÇÃO (NUGAAL-CNPq)

Líderes: Cleder Fontana e Marcelo Cervo Chelotti

 

APRESENTAÇÃO

O Núcleo de Estudos em Geografia, Agricultura e Alimentação (NUGAAL), criado no ano de 2021 no âmbito do Departamento de Geociências da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), agrega pesquisadores e acadêmicos que visam estudar, refletir e propor ações a partir da tradição do saber geográfico institucionalizado, que articulem a relação entre alimentação e a produção do espaço.

 

LINHAS DE PESQUISA

1) Aspectos teórico-metodológicos da Geografia da Alimentação: Discutir com a tradição e a sistematização da Geografia moderna abordou a questão dos alimentos e alimentação e sua relação na produção do espaço geográfico.

2) Fome, (in)segurança e soberania alimentar e políticas públicas: Desenvolver e acompanhar estudos da permanência da fome e da insegurança alimentar. Refletir sobre os desafios vivenciados pelos agricultores familiares camponeses para a manutenção da produção, circulação, consumo e a valorização dos alimentos, bem como a relação com a soberania e a segurança alimentar. Analisar os limites e as possibilidades das políticas públicas direcionadas para esses contextos.

3) Alimentos, Cultura e Território: Refletir sobre as diferentes formas de saber fazer, de apropriação dos recursos territoriais, conexão com a tradição, a memória, a identidade e a inserção da ressignificação dos diversos aspectos que envolvem a produção de alimentos nos espaços.

4) Agricultura Orgânica e Agroecológica: Discutir o novo paradigma de produção de alimentos a partir das premissas que envolvem a agricultura orgânica e agroecológica. Pensando a importância dos circuitos curtos de comercialização e a valorização da socioambiental na produção de alimentos. Pensar a produção e a comercialização torna-se fundamental para entender a as articulações dos agricultores na relação campo/cidade.

5) Educação, Alimentação e Geografia: Pensar em estratégias de ensino-aprendizagem que articulem a educação geográfica com a educação alimentar.