Ir para o conteúdo DAG Ir para o menu DAG Ir para a busca no site DAG Ir para o rodapé DAG
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Projeto Retalhos da Memória de Santa Maria – artigo 160 Observação de Fenômenos Celestes com Telescópio em 1982



Audiodescrição da Imagem: Montagem horizontal de duas fotografias verticais, em preto e branco, postas uma ao lado da outra, de um homem que olha o céu através de um telescópio, em ambiente externo. Na imagem à esquerda, em um terraço, fixado no chão, o Telescópio Refrator Zeiss suportado por um grande e largo tripé de metal e engrenagens, levemente voltado para baixo, de aproximadamente um metro de altura. O telescópio é de um tom claro e composto por tubos em diversos tamanhos, e outras partes como: montura, buscador, tubo e ocular. Ao todo o equipamento tem por volta de três metros de altura, contando os tubos maiores e mais compridos, em torno de um metro de comprimento, sendo um deles do lado esquerdo e outro do lado direito. A imagem à esquerda foi tirada de frente e está mais clara no meio para a direita. Nela aparece parte do corpo de um homem de perfil direito, no alto,  enquadrado da cintura para cima. Ele tem cabelo escuro volumoso e pele clara, veste camiseta clara, e apoia a cabeça no buscador para observar o céu pelo telescópio. É jovem, cerca de vinte anos, e segura com as duas mãos a montura grande do tubo que fica do lado esquerdo do instrumento. Ainda no lado esquerdo da imagem, mais afastada do telescópio, uma mesa retangular escura de pernas finas e sobre ela três caixas de madeira; uma delas fechada, e as outras duas, abertas e dentro se pode ver algumas ferramentas. E, ao fundo, do lado direito para o meio da fotografia, a parte de um muro horizontal escuro e piso amadeirado, sob um céu claro. Na imagem à direita, temos o telescópio registrado de perfil esquerdo, em que a fotografia foi registrada do canto esquerdo para o direito. Dessa vez, o aparelho aparece com o tripé de metal e engrenagens e a montura voltada para cima, direcionando o tubo maior para o céu. No canto inferior direito, parte de uma pequena mesa com alguns objetos em cima. As duas partes do muro horizontal escuro se encontram e formam um canto que contorna a imagem. O piso é amadeirado. Ao fundo, atrás do muro, topos de árvores alinhadas sob um céu claro. Audiodescritora Roteirista: Isabel Motta. Audiodescritora Consultora: Rubia Steffens

Em 1982 foi fotografado o telescópio da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Ficava localizado na extremidade Oeste da Cidade Universitária, onde a luz dos prédios não interferia. Com a finalidade de realizar fotografias astronômicas de precisão de planetas, galáxias, nebulosas, manchas solares, este equipamento permitia o desenvolvimento de pesquisas de apoio ao Planetário. A Comissão de Pesquisa do Observatório publicava, a cada semestre, um boletim com o resultado desses estudos. De procedência alemã, marca Carl-Zeiss, com 20 centímetros de distância focal, o telescópio registrava fotograficamente todos os fenômenos celestes. E sempre que as condições atmosféricas permitiam, os professores e alunos do Centro de Ciências Naturais e Exatas (CCNE) observaram e registraram o que aconteceu além das fronteiras de nosso Planeta.

Texto: Lidiane Castagna Gonçalves, acadêmica do 5º semestre do Curso de Desenho Industrial da UFSM.

Audiodescrição da Imagem: Montagem horizontal de duas fotografias verticais, em preto e branco, postas uma ao lado da outra, de um homem que olha o céu através de um telescópio, em ambiente externo. Na imagem à esquerda, em um terraço, fixado no chão, o Telescópio Refrator Zeiss suportado por um grande e largo tripé de metal e engrenagens, levemente voltado para baixo, de aproximadamente um metro de altura. O telescópio é de um tom claro e composto por tubos em diversos tamanhos, e outras partes como: montura, buscador, tubo e ocular. Ao todo o equipamento tem por volta de três metros de altura, contando os tubos maiores e mais compridos, em torno de um metro de comprimento, sendo um deles do lado esquerdo e outro do lado direito. A imagem à esquerda foi tirada de frente e está mais clara no meio para a direita. Nela aparece parte do corpo de um homem de perfil direito, no alto,  enquadrado da cintura para cima. Ele tem cabelo escuro volumoso e pele clara, veste camiseta clara, e apoia a cabeça no buscador para observar o céu pelo telescópio. É jovem, cerca de vinte anos, e segura com as duas mãos a montura grande do tubo que fica do lado esquerdo do instrumento. Ainda no lado esquerdo da imagem, mais afastada do telescópio, uma mesa retangular escura de pernas finas e sobre ela três caixas de madeira; uma delas fechada, e as outras duas, abertas e dentro se pode ver algumas ferramentas. E, ao fundo, do lado direito para o meio da fotografia, a parte de um muro horizontal escuro e piso amadeirado, sob um céu claro. Na imagem à direita, temos o telescópio registrado de perfil esquerdo, em que a fotografia foi registrada do canto esquerdo para o direito. Dessa vez, o aparelho aparece com o tripé de metal e engrenagens e a montura voltada para cima, direcionando o tubo maior para o céu. No canto inferior direito, parte de uma pequena mesa com alguns objetos em cima. As duas partes do muro horizontal escuro se encontram e formam um canto que contorna a imagem. O piso é amadeirado. Ao fundo, atrás do muro, topos de árvores alinhadas sob um céu claro.

 

Audiodescritora Roteirista: Isabel Motta.

Audiodescritora Consultora: Rubia Steffens

Artigo em Libras

Publicações Recentes