Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Projeto Retalhos da Memória de Santa Maria – artigo 166 Curso de Máquinas e Ferramentas em 1974



Audiodescrição: Fotografia, horizontal, em preto e branco. Ao centro, um homem com a boca entreaberta e o braço esquerdo erguido, atrás de uma mesa retangular, em um espaço interno e sombreado (sob a incidência do flash fotográfico). O homem, em pé, posicionado na diagonal esquerda, está enquadrado da cintura para cima; tem faixa etária de 50 anos, pele clara, estatura alta, compleição física robusta, rosto oval, cabelo liso e escuro com entrada de calvície; veste terno escuro, com camisa clara e gravata escura. Ele tem o braço esquerdo levemente voltado à frente, com a palma da mão virada para baixo; e com o direito, apoia-se no tampo da mesa, apenas com as pontas dos dedos. A mesa se encontra à frente do homem, visível na metade direita, tendo o formato retangular, de madeira, com um opérculo de vidro sobre o tampo de madeira, cuja superfície reflete a sombra do homem. Em cima da mesa, à direita, tem um papel claro e, à esquerda, duas caixas de giz claro. Ao fundo e à esquerda do homem, a quina de duas paredes. As paredes são claras e lisas, tendo na da direita, a parte inferior esquerda de um quadro negro, com algumas fórmulas ilegíveis.

Em outubro de 1974 o professor Caspar Erich Stemmer (1930-2012) proferiu o Curso de Controle Numérico de Máquinas e Ferramentas na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), promovido pelo Centro de Tecnologia. Stemmer era Engenheiro Mecânico‐Eletricista e Engenheiro Civil graduado em 1953 pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Foi diretor do Centro Tecnológico da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) de 1970 até 1974, Coordenador do Programa de Expansão e Melhoramento das Instalações do Ensino Superior do Ministério da Educação e Cultura de 1974 e 1976 e publicou em 74 o livro Projeto e Construção de Máquinas. Em 2008 foi criada pela Lei Catarinense da Inovação o Prêmio Stemmer Inovação Catarinense, que objetiva reconhecer e dar visibilidade a pessoas e instituições catarinenses que promovam o conhecimento científico e tecnológico.

Texto: Hélvio Spode da Silva, acadêmico do 4°semestre do Curso de Arquivologia da UFSM.

Audiodescrição: Fotografia, horizontal, em preto e branco. Ao centro, um homem com a boca entreaberta e o braço esquerdo erguido, atrás de uma mesa retangular, em um espaço interno e sombreado (sob a incidência do flash fotográfico). O homem, em pé, posicionado na diagonal esquerda, está enquadrado da cintura para cima; tem faixa etária de 50 anos, pele clara, estatura alta, compleição física robusta, rosto oval, cabelo liso e escuro com entrada de calvície; veste terno escuro, com camisa clara e gravata escura. Ele tem o braço esquerdo levemente voltado à frente, com a palma da mão virada para baixo; e com o direito, apoia-se no tampo da mesa, apenas com as pontas dos dedos. A mesa se encontra à frente do homem, visível na metade direita, tendo o formato retangular, de madeira, com um opérculo de vidro sobre o tampo de madeira, cuja superfície reflete a sombra do homem. Em cima da mesa, à direita, tem um papel claro e, à esquerda, duas caixas de giz claro. Ao fundo e à esquerda do homem, a quina de duas paredes. As paredes são claras e lisas, tendo na da direita, a parte inferior esquerda de um quadro negro, com algumas fórmulas ilegíveis.

 

Audiodescritora Roteirista: Vitória Rodrigues;

Audiodescritor Consultor: Cristian Sehnem.  

Artigo em Libras


Publicações Recentes