Pular para o conteúdo
Português English Español Français Italiano
Início do conteúdo

Prorrogado para 28/5 o prazo de cadastro de docentes para elaboração e revisão de itens do Enade

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) prorrogou até 28 de maio o prazo da chamada pública para cadastro e seleção de colaboradores para elaboração de itens do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) de 2017. Os docentes selecionados irão compor o Cadastro de Elaboradores e Revisores de Itens da Educação Superior (Ceres) do Banco Nacional de Itens (BNI).

No caso do Enade, o BNI visa armazenar itens de qualidade técnica para a montagem de provas capazes de avaliar com maior precisão a proficiência dos estudantes com relação a conteúdos programáticos, habilidades e competências previstos nas Diretrizes Curriculares Nacionais dos Cursos de Graduação ou nas orientações do Catálogo Nacional de Cursos Superiores de Tecnologia.

Entre os requisitos exigidos dos professores que querem participar da chamada pública estão: ter diploma de conclusão de curso de nível superior, devidamente registrado e emitido por instituição credenciada; exercer ou ter exercido atividade docente, nos últimos 18 meses, no curso de graduação para o qual pretende efetuar inscrição, comprovando o vínculo na instituição; e ter disponibilidade para as atividades a serem desenvolvidas no âmbito do BNI, conforme funções e datas previstas no edital.

As inscrições são efetuadas no endereço eletrônico http://bni.inep.gov.br/inscricao, onde constam os termos e declarações a serem anexados à solicitação.

Caso o docente atue em mais de um curso de graduação, será possível efetuar inscrição em mais de uma área, desde que sejam atendidos os requisitos específicos desta, conforme os termos do anexo IV do Edital. Será exigida a comprovação de vínculo em cada um dos cursos, por meio de assinatura do coordenador de cada área. A ausência desse documento implicará a desclassificação do candidato naquela respectiva área.

No Enade 2017 serão avaliadas as seguintes áreas: 

a) Bacharelados: Arquitetura e Urbanismo, Engenharia Ambiental, Engenharia Civil, Engenharia de Alimentos, Engenharia de Computação, Engenharia de Controle e Automação, Engenharia de Produção, Engenharia Elétrica, Engenharia Florestal, Engenharia Mecânica, Engenharia Química, Engenharia e Sistemas de Informação;

b) Bacharelados e Licenciaturas: Ciência da Computação, Ciências Biológicas, Ciências Sociais, Filosofia, Física, Geografia, História, Letras-Português, Matemática e Química;

c) Licenciaturas: Artes Visuais, Educação Física, Letras-Português e Espanhol, Letras-Português e Inglês, Letras-Inglês, Música e Pedagogia;

d) Tecnólogos: Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Gestão da Produção Industrial, Redes de Computadores e Gestão da Tecnologia da Informação.

As atividades serão remuneradas por meio do Auxílio de Avaliação Educacional (AAE). Será pago o valor de R$ 250,00 por item elaborado e R$ 150,00 por item revisado, desde que aprovados para compor o Banco Nacional de Itens (BNI), após revisão final pelo Inep.

O Edital N. 16/2017–INEP/MEC está disponível AQUI. Dúvidas podem ser esclarecidas através do endereço bnienade@inep.gov.br.  

 

Com informações fornecidas pelo Inep