Ir para o conteúdo CT Ir para o menu CT Ir para a busca no site CT Ir para o rodapé CT
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Entrevista: Marcelo Colomé



O entrevistado da semana é o Marcelo Colomé, Técnico de TI do nosso Centro há 5 anosacadêmico da UFSM e um intercambista com histórias para contar. Um pouco dela você lê aqui:

A trajetória de Marcelo no Centro de Tecnologia começou em dezembro de 2009, quando, depois de ter passado em um concurso, foi chamado para assumir o cargo de Técnico de Tecnologia da Informação, prestando suporte para a Direção e para os Laboratórios de Informática de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Centro.

Marcelo também cursa Tecnologia em Sistemas para Internet e foi aprovado no Ciências sem Fronteiras para realizar um intercâmbio, e a Universidade, entendendo que era algo de extrema relevância, lhe concedeu licença para fazer a viagem. Marcelo foi para Universidade de Montana, nos EUA, onde durante dois semestres cursou Ciência da Computação e, posterioremente estagiou por três meses em Nova Iorque, no New York Institute of Technology (NYIT). Ele diz que essa experiência foi extremamente interessante, pois a maioria das novidades que aprendeu nessa estadia fora do Brasil está podendo aplicar aqui.  Muito disso se deve ao fato de ter realizado esse estágio em uma Universidade, o que lhe propiciou, além de participar da realização de projetos, aprender toda a organização de Tecnologia da Informação que era utilizada lá.

No seu retorno ao Brasil, e com a mudança na direção do Centro de Tecnologia, Marcelo diz que as Salas Informatizadas passaram a ter uma responsabilidade maior, que é a configuração de todos os computadores dos Laboratórios e da rede do CT, atendimento de demandas de informática de todo o Centro, além de novos projetos que vem sendo implementados.

Marcelo diz que trabalhar no Centro de Tecnologia é muito gratificante, pois além do trabalho que desenvolve vir de encontro com a sua área de estudo, a convivência com os colegas e demais pessoas que circulam pelo centro é excelente. Ele ressalta que é fundamental poder unir aquilo que se gosta de fazer, com uma boa relação interpessoal entre os colegas.

Para finalizar o bate papo, ele ainda nos relatou que seu plano profissional principal, no momento, é prestar concurso para Analista de Tecnologia da Informação, quando essa vaga for aberta na UFSM, e, quem sabe, ingressar no mestrado.


Publicações Recentes