Pular para o conteúdo
Português English Español Français Italiano
Início do conteúdo

GeMob realiza o V Seminário Gestão Urbana Sustentável no Centro de Tecnologia da UFSM

 

Para compreender a importância do tema que foi discutido no Seminário, é necessário entender o percentual da população mundial que está nas cidades. Em Santa Maria, 95% delas vivem na zona urbana. No Brasil, temos 85% da população e, no que tange à população mundial, este número é de 50%, aproximadamente. Deste modo, pensar a sustentabilidade dos processos de urbanização e as crises que o trânsito causa, tanto para a vida quanto para o meio ambiente, é papel de todos. E este foi o  objetivo do Seminário que ocorreu nesta sexta-feira, dia 20 de novembro, no CT.

Estimativas apontam que, aproximadamente, 1,3 milhões de pessoas irão a óbito por causa de acidentes de trânsito no mundo. O que fazer para mudar essa situação? Para o professor Carlos José Antônio Kümmel Félix, essa reflexão deve ser levada aos alunos.

O objetivo do V Seminário foi articular um evento no interior do estado que trouxesse discussões e contribuições sobre as questões de mobilidade: “Isso é tudo de uma forma integrada, porque que chama a atenção este tema? Primeiro temos que pensar na história da humanidade para chegar aqui. Porque que a gente tem este foco na questão urbana? O século XXI é o século das cidades, tem cidades mais importantes do que nações, o domínio tecnológico hoje é preponderante nas cidades”, defendeu o prof. Félix. 

Para o professor, o evento é de suma relevância para explicar o novo pensamento sobre o carro e o deslocamento. Para ele, é necessário aprender novas formas de fazer o trânsito funcionar, através de uma nova visão de mundo, com o foco na sustentabilidade. “Nós podemos pensar que as cidades são o centro da inovação, do conhecimento e da tecnologia. O sustentável entra como o magma destas questões estruturais da cidade, nós estamos consumindo recursos não renováveis e temos que fazer isso de uma maneira mais sustentável e eficiente.”

A discussão que integra o cerne do debate da construção de sociedade e de mercado de trabalho atual foi trazida para a UFSM com o viés de levar aos alunos novas inspirações para pensar o novo e refletir sobre novas alternativas para o transporte, através de uma série de palestras. O auditório esteve bastante engajado e no que depender do GeMob, a ideia de trazer debates atuais e internacionais à UFSM continuará:”Para os nossos futuros gestores, que são nossos alunos, a  capacitação deles ao assistir um seminário destes é muito importante para que eles possam participar dessa nova ideia de mundo, de acessibilidade, de circulação e de mobilidade.”, afirmou o Professor.