Ir para o conteúdo UFSM Ir para o menu UFSM Ir para a busca no portal Ir para o rodapé UFSM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

​Formula UFSM apresenta o Celeris, seu novo protótipo de carro de corrida



Na manhã da última quarta-feira
(11), a equipe Formula UFSM lançou o seu 6° protótipo de carro de corrida. Com
o nome de Celeris (FU-15), o carro vai representar a universidade na competição
mundial Formula SAE, que acontecerá de 17 a 20 de junho na cidade de Lincoln, nos
Estados Unidos. Lá os estudantes da UFSM vão competir com cerca de 200 equipes
de universidades do mundo todo. O lançamento do novo veículo ocorreu no
auditório do Anexo C do Centro de Tecnologia.

Celeris é irmão de Pégaso, cavalo
alado da mitologia grega. Na Formula UFSM, no entanto, Celeris é o nome do sucessor
de Pégaso, nome do 5° protótipo da equipe, desenvolvido no ano de 2014. Em
comparação com o seu antecessor, a principal novidade do novo carro está no kit
aerodinâmico. As novas regras da competição exigiram que as dimensões da asa
diminuíssem, e a equipe teve de realizar essas mudanças perdendo o mínimo
possível de downforce – força
vertical que melhora a aderência nas curvas.

O carro conta com motor Honda CBR
600RR, pesa 210 quilos e vai de 0
a 100
km/h em 3,9 segundos. Com esse projeto, a intenção da
equipe é alcançar o top 10 mundial e conquistar o primeiro lugar na competição
nacional. Esta última acontece anualmente em Piracicaba (SP), onde participam
cerca de 30 equipes. A ida aos Estados Unidos deve-se à conquista, pela Formula
UFSM, do terceiro lugar em nível nacional no ano passado.

Carro alcança a velocidade de 100km/h em apenas 3,9 segundos

“As expectativas, como sempre, são
as de superar os resultados dos anos anteriores. O objetivo então é alcançarmos
o primeiro lugar tanto na etapa nos Estados Unidos quanto aqui. A gente sabe
que a competição é muito acirrada nos EUA. Embora queiramos estar no rol dos
dez primeiros, nós vamos sempre para vencer, não só para participar”, reforçou
o professor orientador do projeto, Mario Martins.

Nos Estados Unidos, os protótipos
vão passar por inspeção técnica, para avaliar se os carros atendem a todos os
pré-requisitos da SAE (sociedade dos engenheiros automotivos), que organiza a
competição. Avaliam-se também os relatórios de custos e a viabilidade de manufatura,
considerando-se a precisão dos dados apresentados. Depois disso, a equipe deve
apresentar a uma banca de juízes as propostas para a fabricação de uma linha de
125 ou mais unidades anuais do protótipo. É analisado também o conceito do
veículo, emprego de tecnologias, inovações,
qualidade do projeto e esforço empregado pela equipe.

Depois de ir
para a pista, o protótipo passa por quatro etapas. A primeira testa a
aceleração, numa pista de 75
metros em que são possíveis duas tomadas com cada um dos
pilotos da equipe. Com o objetivo de medir a aderência lateral, na segunda
etapa o veículo percorre duas vezes uma trajetória circular de 15,25 metros, com 3 metros de diâmetro. A
terceira etapa é a Autocross, que acontece em uma pista de mil metros, para
análise de frenagem, aceleração, direção e suspensão. Por último, mas não menos
importante, o carro participa de um enduro de 22 quilômetros, no
qual são avaliados o tempo em que completa a prova, o consumo obtido no
percurso, o tipo de combustível utilizado e a quantidade de poluentes emitida.

Para
participar da competição mundial, estima-se que sejam necessários R$ 300 mil,
valor a ser gasto nas passagens aéreas dos 13 membros da equipe, bem como em
diárias de hotel, transporte dentro dos Estados Unidos e manutenção do carro,
entre outras despesas. Os custos serão cobertos por patrocinadores, que terão
seus nomes anunciados nas camisetas da equipe, folders e no protótipo.

Além disso,
a Formula UFSM obtém doações em dinheiro no site Arrekade. Na página, pessoas
físicas podem contribuir com a equipe e – com doações acima de R$ 20,00 –
também ganhar brindes. O objetivo de arrecadar R$ 5 mil já foi alcançado, mas o link para doação permanecerá ativo
até 1° de junho. Outras informações sobre a equipe encontram-se em sua página
oficial: formulaufsm.com.

Texto
e fotos: Germano Molardi, acadêmico de Jornalismo e bolsista da Agência de
Notícias

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes