Ir para o conteúdo UFSM Ir para o menu UFSM Ir para a busca no portal Ir para o rodapé UFSM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Debate sobre travestis e transexuais na educação será neste sábado



No dia 27 de março, o Conselho Universitário (Consu) da UFSM aprovou a resolução 057/2015 que reconhece o direito de pessoas transexuais e travestis utilizarem o nome social – denominação por meio da qual as pessoas se identificam e são identificadas pela comunidade, podendo divergir do nome registrado civilmente. A proposta, aceita com unanimidade pelo Consu, foi construída em ação conjunta do Coletivo Voe, Diretório Central de Estudantes (DCE – UFSM), Gabinete do Reitor e Pró-reitoria de Graduação. A conquista é considerada mais um avanço para as políticas que asseguram direitos da população LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais), mas será suficiente? 

Na última edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), de 2014, num universo de 8.721.946 de inscritos, apenas 95 se identificaram enquanto pessoas trans e reivindicaram o uso de seu nome social. Esse dado leva a um questionamento pouco feito durante o cotidiano: onde, de fato, estão as pessoas transgêneras, transexuais e as travestis? Para contextualizar essa reflexão e ampliar o debate, o Núcleo de Tecnologia Educacional (NTE UFSM – UAB), juntamente com a Pró Reitoria De Extensão Ufsm e o Coletivo Voe, convidam todas e todos a acompanharem o Diálogos “Travestis e transexuais na Educação: acesso, permanência e formação”. 

A atividade, no auditório do NTE, no prédio 14, será transmitida pelo canal NTE TV para todos os polos UAB/UFSM e terá certificação para os participantes que assistirem ao debate nos Polos presenciais ou no próprio local do evento.

Transmissão AO VIVO aqui.

Quando: 25 de abril, sábado, a partir das 14h, no auditório do NTE (prédio 14) | Evento no Facebook


Publicações Recentes