Ir para o conteúdo UFSM Ir para o menu UFSM Ir para a busca no portal Ir para o rodapé UFSM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Vice-reitor da UFSM realiza agenda em Brasília e Goiânia



Foto horizontal colorida mostrando Tiago Marchezan, Luciano Schuch e Silon Procath em frente a um banner do Fórum Sebrae de Inovação
Tiago Marchezan, Luciano Schuch e Silon Procath

O vice-reitor Luciano Schuch terá uma intensa agenda externa ao longo desta semana. Ele participa em Brasília da reunião extraordinária do Conselho Pleno da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) e estará presente em dois eventos importantes para debater inovação, empreendedorismo e práticas pedagógicas no ensino superior.

Nesta segunda-feira (17), ele participou da Conferência Anprotec 2018 – Agro: negócio, tecnologia e inovação, em Goiânia (GO). Dentre os assuntos do evento, debateu-se os desafios do agronegócio e como o ecossistema de  empreendedorismo e inovação pode gerar renda, empregos e transformar o país. Os participantes elaboraram uma carta para ser entregue aos presidenciáveis, com um conjunto de propostas envolvendo essa temática. A Conferência é promovida pela Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec).

Na terça (18) e na quarta-feira (19), ele representará a UFSM na reunião do Conselho Extraordinário da Andifes. A pauta da reunião, que acontece em Brasília, inclui o debate sobre a questão orçamentária e os rumos das universidades diante do cenário de eleições.

Já entre quinta (20) e sexta (21), Luciano Schuch deve prestigiar o Seminário Internacional de Práticas Pedagógicas na Educação Superior, promovido pela Secretaria de Educação Superior do Ministério da Educação (Sesu/MEC), também em Brasília. O evento busca promover o diálogo e o compartilhamento de experiências das universidades federais brasileiras que tenham contribuído, direta ou indiretamente, para a valorização e a melhoria dos seus cursos.

O vice-reitor salienta a importância da participação da UFSM neste evento, em especial por este proporcionar a troca de experiências com as outras universidades. “Trata-se de um ponto muito caro para a universidade, pois sua transformação passa pelas práticas pedagógicas. Precisamos incentivar essas mudanças para que possamos formar um aluno muito mais motivado, que consiga interagir com a sociedade, capaz de discutir problemas complexas”, afirma Schuch.

Fonte: Assessoria de Comunicação Gabinete do Reitor
Foto: Divulgação

Publicações Recentes