Ir para o conteúdo UFSM Ir para o menu UFSM Ir para a busca no portal Ir para o rodapé UFSM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Ex-regentes da Orquestra Sinfônica de Santa Maria recebem homenagem da Reitoria da UFSM



Universidade homenageia maestros que fizeram a história da Orquestra Sinfônica de Santa Maria

Frederico Richter, Enio Guerra, Marco Antonio de Almeida Penna e Alexandre Jacques Eisenberg foram homenageados pelo reitor da Universidade Federal de Santa Maria, Paulo Afonso Burmann, por seus anos de atuação frente a Orquestra Sinfônica de Santa Maria e suas contribuições para a promoção da cultura através da música orquestral.

A cerimônia ocorreu na manhã desta quinta-feira (14), no Salão Imembuí, e contou com a apresentação musical de integrantes da Orquestra Sinfônica de Santa Maria, acompanhados dos filhos dos ex-regentes Enio Guerra e Marco Antonio de Almeida Penna, sucedida pela entrega oficial de placas em homenagem aos maestros.

Apresentação de membros da Orquestra Sinfônica fez parte das homenagens

A Orquestra foi fundada em abril de 1966 pelo compositor e professor Frederico Richter, que comandou a regência por 33 anos. Dos anos de 1988 e 1998, o maestro Richter compartilhou a direção e a regência com o professor Enio Guerra, que assumiu a condução nos anos de 1998 até 2014. No período de 2014 e 2018, a regência e a direção da Orquestra foram compartilhadas pelos professores Marco Antonio de Almeida Penna e Alexandre Jacques Eisenberg.

A cerimônia também contou com a apresentação do professor João Batista Sartor como novo regente da Orquestra e a incorporação junto à Pró-Reitoria de Extensão (PRE) da UFSM. Também foi feito o anúncio da mudança de sede da orquestra, que será no segundo andar do Centro de Convenções, no campus de Santa Maria.

O professor Alexandre Jacques Eisenberg não pode comparecer na cerimônia por motivos de saúde familiar. 

Texto: Comunicação da Pró-Reitoria de Extensão
Fotografias: Sérgio Marques


Publicações Recentes