Ir para o conteúdo UFSM Ir para o menu UFSM Ir para a busca no portal Ir para o rodapé UFSM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Estudantes apresentam trabalhos em praça pública na 1ª JAI Negra



Foto colorida horizontal mostra estudante apresentando seu banner para um rapaz
Atividade marcou o Dia da Consciência Negra

Na tarde desta quarta-feira (20), Dia da Consciência Negra, foi realizada a 1ª Jornada Acadêmica Integrada (JAI) Negra, na Praça Saldanha Marinho, centro de Santa Maria. Organizado pelo Observatório de Direitos Humanos, ligado à Pró-Reitoria de Extensão (PRE), pelo Diretório Central dos Estudantes (DCE) e pelo Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros (Neab), o evento contou com a exposição de banners de trabalhos acadêmicos realizados por estudantes negros da Instituição.

Isa Paula Viana, estudante do segundo semestre de Engenharia Mecânica, ressaltou que “a importância é dar visibilidade aos trabalhos que nós, negros, estamos produzindo na faculdade”. Ela expôs um trabalho sobre cinema africano.

Foto colorida horizontal mostra pessoas olhando e apresentando banners na praça
Exposição dos trabalhos ocorreu na Praça Saldanha Marinho

Aline Escobar, do sétimo semestre de Serviço Social, apresentou o trabalho sobre sua vivência em um intercâmbio no Chile. “É muito importante estar nesse espaço público marcando presença em um dia que é muito simbólico para a gente. É importante valorizar a nossa produção, porque acredito que ela é feita a partir de uma intelectualidade muito diferente. Nosso processo é diferente. Tem algumas dores, algumas percepções que nos botam os pés no chão sobre o que é ser um estudante negro dentro da UFSM”, afirmou.

Texto e fotos: Juan Grings, acadêmico de Jornalismo, bolsista da Agência de Notícias

Edição: Ricardo Bonfanti 

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes