Ir para o conteúdo UFSM Ir para o menu UFSM Ir para a busca no portal Ir para o rodapé UFSM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Painel apresenta a situação de trabalho dos servidores da UFSM no contexto da pandemia Covid-19



A UFSM, por meio da Pró-reitoria de Gestão de Pessoas (PROGEP), com o apoio do Centro de Processamento de Dados (CPD), aplicou a pesquisa “O trabalho no contexto da pandemia COVID-19”. A partir disso, desenvolveu um painel que contém dados estatísticos relativos à situação de trabalho e os maiores desafios de trabalhar neste período de pandemia. Participaram 1285 servidores da instituição, incluindo docentes e técnico-administrativos.

Ao solicitar os cinco maiores desafios para desenvolver o trabalho nesse novo cenário pandêmico, os cinco motivos mais votados foram: Enfrentar a falta do contato presencial com alunos e/ou colegas; Dar conta do aumento na demanda do trabalho; Conciliar o cuidado com a família com o trabalho; Lidar com as novas Tecnologias de Informação e Comunicação (TICS) e Dispor de um espaço físico adequado para desenvolver o trabalho.

Através da análise dos dados obtidos pela votação com os parâmetros que variam entre discordo totalmente e concordo totalmente, é possível perceber que por mais que existam desafios, a maioria dos servidores conseguiram superá-los ou adequar-se a alguns deles. 

A maioria votou em concordância para aspectos como: conseguir manter uma boa comunicação com os membros da equipe de trabalho e conseguir planejar e organizar o próprio tempo e conseguir gerenciar o tempo para a família. Mais de 71% dos participantes concordam totalmente ou parcialmente que houve uma boa adaptação ao trabalho nesse contexto, e mais de 61% estão satisfeitos de uma forma geral com o trabalho.

Já nos dois gráficos a seguir, pode-se ver que as unidades com mais servidores são o HUSM, a Reitoria e o CCS, e a grande maioria dos servidores não faz parte do grupo de risco. 

No entanto, alguns aspectos mais preocupantes revelados pelos dados são com relação com a saúde mental dos servidores, já que mais de 50% sente-se sobrecarregado com as demandas do trabalho, mais de 70% concordam totalmente ou parcialmente que perceberam mudanças em suas rotinas de sono e alimentares. Ainda, uma grande parcela relata apresentar tristeza, irritabilidade, medo, aflição e/ou preocupação. 

Em vista disso, a PROGEP, por meio da equipe psicossocial, vinculada à Coordenadoria de Saúde e Qualidade de Vida do Servidor (CQVS), oferece suporte aos servidores da UFSM. Está sendo disponibilizado atendimento e acompanhamento no âmbito da Saúde do Trabalhador na modalidade on-line, por meio de vídeo e/ou áudio. O agendamento poderá ser realizado pelo telefone 3220-8134 disponível de segunda a sexta-feira nos horários das 9h às 11h30min e das 14h às 16h30min.

 

Texto: Paola Martins Jung / bolsista da Assessoria de Comunicação do Gabinete do Reitor

Edição:  Solange Prediger / Assessoria de Comunicação do Gabinete do Reitor

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes