Ir para o conteúdo UFSM Ir para o menu UFSM Ir para a busca no portal Ir para o rodapé UFSM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

PPG em Química da UFSM abre seu primeiro processo de defesa de doutorado em língua estrangeira

Processo na sexta-feira (17) contará com membros internacionais na banca avaliadora e será conduzido em inglês



O Programa de Pós-Graduação em Química (PPGQ) da UFSM, com conceito 7 (padrão internacional) pela Capes, abriu seu primeiro processo de defesa de doutorado com condução completamente em língua estrangeira. A defesa da tese intitulada “Development of Methods for Mg, Sr and Pb Isotopic Analysis of Crude Oil by MC-ICP-MS”, pela aluna Alessandra Schneider Henn, será realizada em inglês e ocorrerá de forma semipresencial pela plataforma Google Meet na próxima sexta-feira (17), às 9h.

A tese foi desenvolvida sob a orientação do professor Érico Marlon de Moraes Flores, em parceria com a Ghent University, Bélgica. É resultado de um período “sanduíche” do doutorado da aluna, financiado pela Capes, no âmbito do Programa Institucional de Internacionalização Capes-PRINT.

A banca examinadora será composta pelos professores Zoltan Mester (National Research Institute, NRC), Frank Vanhaecke (Ghent University), Cezar Augusto Bizzi (coordenador do PPGQ, UFSM) e Edson I. Müller (UFSM).

Os membros internacionais da banca são cientistas de renome na área de química analítica. Zoltan Mester é o atual presidente da Divisão de Química Analítica da International Union of Pure and Applied Chemistry (IUPAC), sendo também membro do NRC, Canadá. Já Frank Vanhaecke é membro do comitê editorial do periódico Journal of Analytical Atomic Spectrometry (Royal Society of Chemistry).

Apesar deste processo ser o primeiro completamente em língua estrangeira, o PPGQ da UFSM já possui um histórico de defesas realizadas em outras línguas. A primeira, em especial, foi realizada em 28 de março de 2008. Neste processo, o aluno Júlio Cezar Paz de Mattos, também orientado pelo professor Érico M. M. Flores, realizou a apresentação e arguição de sua tese de doutorado em inglês, tendo como membro da banca Viliam Krivan (Ulm University, Alemanha), um dos maiores especialistas na área de análise direta de amostras sólidas por técnicas de espectrometria atômica.

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes