Ir para o conteúdo UFSM Ir para o menu UFSM Ir para a busca no portal Ir para o rodapé UFSM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Lançamento da revista Arco acontece na próxima segunda



Na próxima segunda-feira (22), às 15h, será realizado o lançamento da revista Arco. O evento acontece no auditório da Multiweb, no prédio 67 do campus da UFSM e conta com uma palestra do escritor e jornalista especializado em divulgação científica Carlos Orsi.

A Arco é uma revista que visa difundir os trabalhos, pesquisas e projetos que são desenvolvidos na Universidade, utilizando uma linguagem didática e um visual atraente. Para isso, foi preciso “traduzir” o vocabulário científico para uma linguagem acessível ao público. Com a Arco, o conhecimento não fica restrito aos laboratórios e às salas de aula. A ideia é democratizar esse conhecimento e ampliar um espaço de diálogo entre a UFSM e a sociedade. Assim, a revista pode mostrar para a comunidade o conhecimento que é produzido na universidade e reforçar o compromisso público da instituição. Além disso, a revista é uma forma de os bolsistas se capacitarem na área de jornalismo científico.

A necessidade da UFSM em retomar uma publicação impressa voltada para a divulgação das atividades de ensino, pesquisa e extensão já era debatida há algum tempo. Com a nomeação de mais jornalistas para a Coordenadoria de Comunicação, foi possível trabalhar a ideia da revista. Inicialmente, a coordenadora e professora do Curso de Jornalismo, Viviane Borelli, colocou o desafio de pensar em um projeto editorial para os alunos da disciplina de Produção Gráfica, porém todos os projetos ficaram focados na produção de informações para o dia-a-dia, e não era essa a demanda que a revista se propunha a atender, pois já era o papel da Agência de Notícias e, também, a revista não deveria se sobrepor ao trabalho já desenvolvido nas assessorias de comunicação dos Centros. Por isso, a professora Viviane, juntamente com a equipe da Coordenadoria de Comunicação – Elisângela Mortari, Lucas Durr Missau e Luciane Treulieb – decidiram que a ideia deveria ser outra, como conta a professora Viviane, que participou do início da concepção editorial da revista:

– A ideia foi de propor uma revista focada em produção e divulgação científica, valorizando-se a produção de conhecimento e trabalhando-se dentro dos preceitos do jornalismo científico. Há muitas pesquisas, projetos e iniciativas que merecem destaque na UFSM e a ideia da revista é justamente valorizar essa produção que nem sempre tem a visibilidade merecida.

Para a produção da Arco foram feitas reflexões de como os Centros da UFSM já divulgavam suas atividades, para que o novo impresso atendesse a necessidade de dar visibilidade para a produção científica. Além disso, foi realizada uma pesquisa para saber quais materiais já eram produzidos em outras universidades públicas e privadas; nacionais e internacionais. Tudo isso para chegar ao objetivo final que é possibilitar que as atividades de ensino, pesquisa e extensão sejam bem vistos em âmbito nacional, para isso, o editor da Arco, Lucas Durr Missau, fala do trabalho realizado:

– Nessa perspectiva, delineamos uma proposta de linguagem arrojada, tanto textualmente, quanto graficamente, em que o trabalho da Projetar foi muito importante, e seguirá evoluindo nas próximas edições. Ainda temos duas edições previstas para esse ano.

A Projetar, empresa júnior do curso de Desenho Industrial, foi a responsável pelo projeto gráfico, diagramação e pelas ilustrações da revista. Além da Projetar, na primeira edição da Arco, a equipe contou com quatro bolsistas do curso de Jornalismo, para a produção das matérias; uma bolsista do Desenho Industrial; fotógrafos da Agência de Notícias; um revisor de textos; dois jornalistas, Lucas Durr Missau e Luciane Treulieb, como editor e editora-chefe, respectivamente; com um Conselho Editorial, formado por diversos professores da instituição; e, também, contou com o apoio do Gabinete do Reitor. A periodicidade da revista será trimestral e a tiragem é de 1 mil exemplares. A campanha de lançamento da revista foi feita pela Facos Agência.

Já com o resultado final em mãos, a editora-chefe, Luciane Treulieb, conta que ficou satisfeita e faz uma avaliação do trabalho realizado:

– Sabemos que ainda há bastante para melhorar, mas, dentro da nossa proposta inicial, acredito que atingimos nosso objetivo. A revista ficou bonita, acredito que vai atrair o interesse dos leitores, e os textos ficaram interessantes. Nossa proposta foi criar um veículo impresso institucional que não ficasse “quadrado”, e acho que isso a gente conseguiu. Vamos ver o que os leitores vão dizer, estou curiosa para ver a recepção do público. Foram vários meses de um trabalho bem estimulante, desde a concepção da revista até o lançamento, e em todo esse tempo debatemos e aprendemos muito sobre o jornalismo científico e o jornalismo de revista. Houve uma tentativa constante de buscar formas de dar a informação e passar o conhecimento não só pelo texto, mas também através das imagens, gráficos, ilustrações e fotografias.

Fotos: Luciele Oliveira – Acadêmica de Jornalismo; e Ítalo Padilha (foto de capa).

Repórter: Jonas Migotto – Acadêmico de Jornalismo.

Edição: Lucas Durr Missau.


Publicações Recentes