Ir para o conteúdo UFSM Ir para o menu UFSM Ir para a busca no portal Ir para o rodapé UFSM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

​Letreiro instalado junto ao arco da UFSM presta homenagem ao reitor fundador



Reitor, vice-reitor, ex-reitor e familiares de Mariano estiveram presentes na inauguração. Crédito foto: Mariana Flores

Foi descerrado, em uma cerimônia oficial, na manhã desta
sexta-feira (15), o letreiro que dá nome ao campus sede da UFSM, em Camobi. Instalado
junto ao arco de entrada, ao lado do brasão da Universidade, o letreiro “Cidade
Universitária – Prof. José Mariano da Rocha Filho”, presta homenagem ao reitor
fundador da UFSM. Estiveram presentes na cerimônia, o reitor, professor Paulo
Afonso Burmann, o vice-reitor, professor Paulo Bayard Dias Gonçalves, o
ex-reitor, professor Paulo Jorge Sarkis, e os familiares do reitor Mariano: a
professora Eugenia Maria Mariano da Rocha Barichello, a diretora do Museu
Educativo Gama d’Eça, Maria Izabel Mariano da Rocha Duarte, e o engenheiro agrônomo
Patrício Augusto Mariano da Rocha.

Originalmente denominado de “Cidade Universitária”, o campus
da UFSM foi rebatizado em outubro de 1973, quando foi acrescentada a homenagem,
prestada pelo Conselho Universitário, a seu idealizador e primeiro reitor. A
placa inaugurada na época, e que permanece no mesmo local, enfatizava o
reconhecimento e sentimento de gratidão da comunidade universitária ao seu
primeiro reitor. Na ocasião, o então vice-reitor, professor Helios Homero
Bernardi, lembrou a corajosa afirmação do reitor José Mariano da Rocha Filho ao
olhar o descampado da coxilha, onde hoje está instalado o campus da UFSM: “Nós
vamos construir aqui a cidade universitária”.

Durante a cerimônia de descerramento, representando os
familiares do reitor Mariano, a professora Eugenia Barichello agradeceu à
gestão pela homenagem, afirmando esperar que o letreiro ajude a dar
visibilidade ao nome do campus, fazendo com que este seja mais empregado no
cotidiano da universidade, como uma forma de reconhecimento ao trabalho do
reitor Mariano.

“Cabe a nós, na data de hoje, simbolizarmos todos os
esforços e superação das dificuldades que vencemos todos esses anos sempre com
o brio, a energia e a presença permanente da figura do nosso reitor fundador. É
o estímulo para que sigamos em frente”, argumentou o reitor Paulo Burmann,
enfatizando a importância do reconhecimento aos esforços e o trabalho do
professor Mariano para a instalação de uma universidade pública em Santa Maria. O
reitor ainda destacou a atualidade do projeto desenvolvido pelo reitor fundador
que, hoje, embasa a elaboração Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI).

Logo após, também foi descerrada a placa da Pista Multiuso –
Fase 1. Com cerca de 3
quilômetros de extensão e 3 metros de largura, a
primeira fase da pista conecta a ciclovia da Avenida Roraima à Reitoria da
UFSM, passando pelos diversos centros de ensino, Restaurante Universitário e
Biblioteca Central. A estrutura foi concebida com o objetivo de promover a
mobilidade alternativa, bem como a prática de atividades de lazer e recreação
no campus.

Texto: Assessoria de
Comunicação do Gabinete do Reitor

Fotos: Mariana Flores


Publicações Recentes