Ir para o conteúdo UFSM Ir para o menu UFSM Ir para a busca no portal Ir para o rodapé UFSM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

UFSM é credenciada como Unidade EMBRAPII



Nesta segunda-feira, 25, a Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (EMBRAPII), em parceria com a Secretaria de Educação Superior (SESu) do Ministério da Educação (MEC), divulgou o resultado da chamada pública para credenciamento de Unidades EMBRAPII (UEs). A Universidade Federal de Santa Maria está entre as 11 instituições brasileiras contempladas.

A chamada pública selecionou grupos estabelecidos em Universidades Federais de todo o país para receberem recursos financeiros, a fim de prospectarem e executarem projetos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I), em parceria com o setor industrial. Esses grupos receberão cerca de R$ 30 milhões para investir em suas propostas.

O grupo da UFSM reúne pesquisadores do Instituto de Redes Inteligentes (INRI), vinculado ao Centro de Tecnologia (CT). O foco de atuação da equipe é em Recursos Energéticos Distribuídos, contemplando micro e minigeração distribuída, sistemas de armazenamento de energia, conversão de energia, eficiência energética e veículos elétricos. 

O projeto prevê complementar a formação dos alunos através do modelo hands-on, ou seja, permitindo o aprendizado a partir da experiência real, atuando em projetos de pesquisa aplicada com a indústria. Serão desenvolvidos, também, uma série de atividades de capacitação, com a realização de treinamentos, minicursos, oficinas, workshops/seminários, desafios/competições, entre outros.

De acordo com o professor Leandro Michels, coordenador do projeto, este credenciamento coloca a UFSM em um patamar diferenciado. “É uma oportunidade incrível e restrita a poucas instituições. É um trabalho de longo prazo, em constante análise e melhoria de seus processos. Além de permitir a qualificação de nossos estudos, estamos abrindo as portas para que, futuramente, outros laboratórios também possam participar e desenvolver seus projetos”, destaca o coordenador. 

Michels também explica que o credenciamento da UFSM como Unidade EMBRAPII traz grandes benefícios não apenas para a instituição, mas para a cidade e região. “Santa Maria, do ponto de vista industrial, não possui, geograficamente, a melhor localização. Isso faz com que um dos grandes problemas da região seja a fixação de pessoal qualificado. Esse sistema, que agora iremos implantar aqui, viabiliza ainda mais a qualificação desses profissionais e faz com que as empresas se aproximem desses locais de referência, tornando a região mais atrativa do ponto de vista do desenvolvimento econômico. É a UFSM contribuindo, de fato, para a geração de valor econômico, desenvolvimento e transformação da realidade regional”, finaliza o professor. 

Ao todo, a rede credenciada conta com apenas 55 unidades no Brasil. Além da UFSM, nesta chamada também foram contempladas UFV, UFSCar, UFABC, Unifesp, UFC, UFLA, UFG, FURG, UFAL e UFPE.

Texto: Mariana Henriques / Assessoria de Comunicação do Gabinete do Reitor


Publicações Recentes