Ir para o conteúdo UFSM Ir para o menu UFSM Ir para a busca no portal Ir para o rodapé UFSM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Projeto Bolsa de Sementes completa 18 anos de parceria entre UFSM e Afubra na valorização de espécies florestais nativas



Foto colorida horizontal com sete homens e mulheres, posando para foto em uma área verde, todos usam máscaras
Entrega do relatório do 18º ano ambiental da Bolsa de Sementes, no Laboratório de Silvicultura e Viveiro Florestal

O projeto Bolsa de Sementes, uma parceria da Universidade Federal de Santa Maria e Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra)/Verde é Vida, está há 18 anos aliando esforços de ambas as instituições na realização de atividades de educação ambiental, por meio da valorização de espécies florestais nativas, com escolas públicas rurais do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná.

O projeto foi idealizado e contou com a coordenação dos professores Juarez M. Hoppe e Mauro V. Schumacher. A partir de 2006, passou a ser coordenado pela professora Maristela M. Araujo, com apoio de pós-graduandos e graduandos do curso de Engenharia Florestal do Centro de Ciências Rurais (CCR), vinculados ao Laboratório de Silvicultura e Viveiro Florestal.

A professora Maristela destaca a importância dessa união do setor público e privado, pois, desde sua criação, o projeto viabiliza a realização de atividades práticas e permite experiências na extensão universitária. Os membros da Afubra, com o apoio técnico da equipe da UFSM, orientam a comunidade escolar sobre a importância da conservação das espécies florestais nativas. Isso é realizado por meio da observação de árvores, sua forma, florescimento, frutificação, tipos de frutos, formas de coleta e extração das sementes.

Posteriormente, com a participação das famílias e professores, as sementes são coletadas, identificadas e enviadas para o campus sede da UFSM. No Laboratório de Silvicultura e Viveiro Florestal, é confirmada a identificação das espécies e a análise visual do estado morfológico e sanitário das sementes. Após esse processo, as sementes viáveis são armazenadas em câmara fria e ficam disponíveis para a doação à comunidade geral. Os lotes de sementes enviados pelas escolas são registrados e, no final de cada ano, a Afubra promove a premiação, convertendo a pontuação em materiais e equipamentos necessários ao funcionamento das escolas que se destacam.

Ações realizadas na década de 2010

A partir de 2011, intensificou-se a seleção de árvores matrizes, diante da demanda de sementes para uso na restauração de áreas, principalmente para a produção de mudas. Já em 2015, a equipe da Afubra, professores e acadêmicos da UFSM iniciaram o Projeto Nascentes, que busca a recuperação de nascentes em propriedades rurais, além das atividades de educação ambiental. Esse projeto piloto foi realizado durante três anos na Escola Estadual Adolfo Mânica, em Boqueirão do Leão (RS), sendo modelo para a ampliação das ações em outras regiões participantes do projeto Bolsa de Sementes.

Em 2018, a ação iniciou na Escola Municipal Felipe Becker, em Santa Cruz do Sul (RS), dessa vez com a proposta de inserir a temática das espécies florestais nativas e sementes no contexto do aprendizado escolar. Os alunos participam de oficinas, palestras, gincanas, envolvendo a educação ambiental de modo inter e transdisciplinar, com apoio da extensão universitária. De forma complementar, busca-se apoiar os professores, com sugestões de atividades nas disciplinas ministradas, dentro dessa temática.

No dia 1º de outubro, a equipe da UFSM recebeu o vice-presidente da Afubra, Marco Dornelles, que é egresso da UFSM, o coordenador do projeto Verde é Vida, Adalberto Huve, e o engenheiro florestal gerente
do Departamento Agroflorestal da Afubra, Juarez Pedroso Filho, também egresso da UFSM. Novas ações no retorno das atividades presenciais foram planejadas de forma conjunta pela Afubra e Laboratório de Silvicultura. Na ocasião, foi entregue o relatório de atividades do 18° ano ambiental da Bolsa de Sementes.

Foto: Divulgação

 


Publicações Recentes