Ir para o conteúdo UFSM Ir para o menu UFSM Ir para a busca no portal Ir para o rodapé UFSM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Promover Andifes: Cerca de 10 mil alunos participam de programa de mobilidade acadêmica virtual



O Programa de Mobilidade Virtual em Rede de Instituições Federais de Ensino Superior (Promover Andifes) está em sua segunda edição e conta com a participação de 12 universidades brasileiras, sendo uma delas a UFSM, que participa pela primeira vez. O programa tem o objetivo de promover interação acadêmica e versatilidade na formação, permitindo que os estudantes cursem determinadas disciplinas, de maneira remota, nas instituições participantes.

Além da UFSM, estão participando do programa as seguintes instituições de ensino superior (Ifes): Universidade Federal do Rio Grande (Furg); Universidade de Brasília (UnB); Universidade Federal de Goiás (UFG); Universidade Federal do Maranhão (UFMA); Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB); Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN); Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra), Universidade Federal de Uberlândia (UFU), Universidade Federal de Viçosa (UFV) e Universidade Federal do Pará (UFPA).

De acordo com o pró-reitor de Graduação, Jerônimo Tybush, o Promover já mostrou resultados muito satisfatórios para a UFSM. Em relação às disciplinas ofertadas, foi alcançado o índice de 92% de utilização, tendo sido preenchidas 72% das vagas para alunos de outras universidades.

“Para a UFSM, isso representa muito. Representa primeiro uma oportunidade de a gente receber dentro da nossa instituição, dentro das nossas disciplinas, interagindo com os nossos docentes, alunos de outras universidades. Há uma troca de saberes nesse processo de ensino e aprendizagem. Também que os nossos alunos da UFSM possam se beneficiar realmente de conhecimentos oriundos de outras regiões diferentes culturalmente, diferentes em termos de aplicação, de ciência, tecnologia e inovação. Então o ganho para a UFSM é total.”

Mobilidade virtual dos estudantes de outras Ifes na UFSM

Nesta segunda edição do Promover Andifes, foram ofertadas 502 vagas para estudantes de outras Ifes interessados em cursar disciplinas na UFSM. Desse total, foram feitas 362 matrículas. Em relação à oferta de disciplinas, foram disponibilizadas 120, com ocupação final de 110 disciplinas oriundas de diversos cursos da UFSM. Os estudantes que estão participando puderam se matricular em até três disciplinas que foram ofertadas no programa.

O pró-reitor de Graduação conta como foi feita a seleção das 120 disciplinas que foram ofertadas pela UFSM ao Promover Andifes. “As disciplinas ofertadas pela UFSM foram consultadas por todos os departamentos e cursos. Nós realizamos uma live com os departamentos e cursos, apresentamos o programa e colocamos um prazo com o qual nós encaminhamos um memorando circular para que as coordenações de curso, em consonância com os departamentos, nos informassem quais as disciplinas estariam aptas a serem ofertadas pelo programa.”

A lista de disciplinas ofertadas é bem ampla, contemplando disciplinas das diversas áreas da universidade, como ciências humanas, exatas e da terra, biológicas, engenharias, saúde, ciências agrárias, ciências sociais aplicadas e linguística, letras e artes. A lista completa com todas as disciplinas ofertadas pela UFSM pode ser acessada através do edital do resultado do programa Promover 2021.

Os 331 alunos matriculados na mobilidade virtual da UFSM são de todas as outras universidades vinculadas ao Promover. Os números de estudantes de cada uma delas podem ser conferidos no quadro à direita. Eles serão avaliados da mesma maneira que os alunos da UFSM, sendo os critérios de avaliação estabelecidos por cada curso. Assim os alunos de outras instituições poderão usar a disciplina para um aproveitamento futuro.

Mobilidade virtual dos estudantes da UFSM em outras Ifes

Em relação à mobilidade acadêmica virtual dos estudantes da UFSM em outras universidades, foram feitos 1.048 pedidos em disciplinas nas outras onze instituições participantes. Esse total de pedidos de disciplinas representa 461 estudantes da UFSM. Números detalhados estão disponíveis no quadro à esquerda.

Quanto ao aproveitamento das matérias, cada curso da UFSM decidirá de que maneira será realizado, podendo ser em disciplinas obrigatórias do curso, Disciplina Complementar de Graduação (DCG) ou Atividade Complementar de Graduação (ACG). Para isso, as coordenações dos cursos das disciplinas ofertadas orientam os alunos a entrar em contato com as suas secretarias.

O pró-reitor de Graduação explica que no Promover Andifes, desenvolvido pela Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), a mobilidade virtual foi pensada com disciplinas para o formato online, para que o estudante consiga ampliar sua formação entrando em contato com outras instituições.

“É justamente nesse rico e valoroso processo de ensino e aprendizagem que, conseguimos movimentar mais de 10 mil estudantes somente envolvendo uma parte das universidades brasileiras, somente 12. Isso é praticamente outra universidade funcionando em termos de disciplinas e matrículas, é um ganho muito grande em termos de experiência e conhecimento, de buscar estratégias de conexão, aperfeiçoamento e principalmente de colaboração e aproximação entre as instituições federais de ensino superior, entre as nossas universidades públicas e gratuitas socialmente referenciadas e de qualidade”.

A UFSM nesta segunda edição do Promover, além de ser uma das instituições participantes, também está fazendo parte da construção e organização do programa. Segundo Tybusch, a UFSM participou da elaboração dos editais, na equipe de organização e vem contribuindo para a construção de um sistema futuro de plataforma online que vai receber as inscrições dos editais e convênios relacionados a edições futuras do programa.

Devido ao sucesso e à grande adesão dos alunos ao Promover Andifes, o pró-reitor conta que haverá uma terceira edição do programa ainda neste ano, organizada para o próximo semestre.

Outras informações sobre o programa constam na página do programa na UFSM (www.ufsm.br/pro-reitorias/prograd//promover) e na página da Andifes (www.andifes.org.br).

Texto: Ana Júlia Müller Fernandes, acadêmica de Jornalismo e bolsista da Agência de Notícias

Edição: Lucas Casali

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes