Ir para o conteúdo UFSM Ir para o menu UFSM Ir para a busca no portal Ir para o rodapé UFSM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

UFSM promove abertura do programa “Temas Emergentes e Ensino Híbrido para Educação Básica”

O programa consiste em 18 cursos de capacitação que acontecerão entre os meses de julho e dezembro



Aconteceu, na noite de ontem (01) a abertura do Programa “Temas Emergentes e Ensino Híbrido para Educação Básica”. O programa de capacitações é uma ação de extensão, vinculada ao Centro de Ciências Rurais (CCR) da UFSM e financiado através do edital “Fundo Incentivo a Extensão”. 

O Programa consiste em 18 cursos independentes com duração de 40 horas, voltados para professores e profissionais que atuam nas escolas de educação básica de 65 municípios. As capacitações acontecem de forma totalmente virtual, pelo Google Sala de Aula, YouTube e Farol UFSM, entre os meses de julho e dezembro. A Universidade recebeu cerca de 9,5 mil inscrições de participantes.

O objetivo da ação é refletir e instrumentalizar sobre diferentes temas emergentes e o ensino híbrido no contexto escolar durante a pandemia, perpassando temáticas de tecnologias digitais, comunicação não violenta, alimentação saudável, sustentabilidade e meio ambiente, entre outros. Ao todo, serão mais de 720 horas de troca de saberes, visando enriquecer a construção de conhecimento de todos envolvidos.

Durante a solenidade de abertura, a Coordenadora do programa de capacitações, Liziany Müller, ressaltou a capacidade do projeto de ajudar a democratizar e interiorizar o ensino público, gratuito e com qualidade, além de aproximar a UFSM com profissionais da educação básica dos municípios. “Essa ação atua contribuindo e possibilitando o desenvolvimento de estratégias para a garantia da oferta de um ensino democrático na educação básica, com vistas a assegurar o direito de crianças e jovens à aprendizagem de qualidade. Estamos gratos e honrados em poder fortalecer a interação da comunidade escolar com a Universidade, com uma visão multidisciplinar e crítico-reflexiva, afirmando nosso compromisso com a sociedade e indissociabilidade do ensino, pesquisa e extensão.”, completa Liziany.

Já de acordo com o Diretor do CCR, Sandro Luís Petter Medeiros, o projeto se destaca por sua abrangência e capacidade de agregar, visto que, além de uma ação de extensão, ele tem um forte viés da educação. “Esses cursos são oferecidos a profissionais de  variadas formações, professores, merendeiros, técnicos de informática, entre outros. São pessoas que estão se qualificando, se apropriando do conhecimento através de 18 cursos gratuitos oferecidos por uma Instituição pública, de qualidade. É a UFSM transformando vidas!” salienta o Diretor.

Por fim, Paulo Burmann, reitor da Universidade Federal de Santa Maria, lembrou da importância de programas como esse, principalmente em um momento em que a educação é desprestigiada e pouco valorizada. Ressaltou, também, a relevância da ação nesse momento de pandemia, que fez com que muitas atividades fossem para o espaço remoto, mostrando as carências e necessidades desse sistema. “O sentimento é de orgulho, alegria e satisfação de participar desse momento de tamanha abrangência e importância. Precisamos ter consciência do tamanho dessa Instituição e da importância de suas ações para a educação, ciência, pesquisa e atividades de extensão. É um processo maravilhoso que transforma vidas e o país. A grande procura por esse evento se justifica pela oportunidade e importância dos temas tratados e discutidos. São momentos como esse que mostram que vale a pena persistir na luta pela educação. Apesar das dificuldades, precisamos persistir e resistir na expectativa de que dias melhores virão”, completa Burmann.

Após a abertura do evento, teve início a palestra Inaugural “Estratégias e Tecnologias Digitais para aulas remotas na Educação Básica”, com o Dr. Prof. João Bottentuit Junior, da Universidade Federal do Maranhão. 

Participaram do evento o Pró-Reitor de Extensão da UFSM, Flavi Ferreira Lisboa Filho, prefeitos, vice-prefeitos e representantes de secretarias municipais de educação de 65 municípios. O encontro, que foi acompanhado por mais de 3 mil pessoas ao vivo, teve transmissão pelo YouTube e pode ser visto no link.

 

Texto: Paola Jung e Mariana Henriques, Assessoria de Comunicação do Gabinete do Reitor

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes