Ir para o conteúdo UFSM Ir para o menu UFSM Ir para a busca no portal Ir para o rodapé UFSM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Reputação Acadêmica é destaque da UFSM no QS Ranking

UFSM ocupa a 18° posição no ranking nacional



A companhia britânica Quacquarelli Symonds (QS) publicou, nesta semana, a edição 2023 do ranking das melhores universidades do mundo. Neste ano foram avaliadas mais de 2,4 mil instituições de diferentes países. A UFSM obteve destaque positivo em um dos critérios mais importantes da avaliação: a Reputação Acadêmica. 

No ranking 2023, a Universidade teve uma pontuação de 5,3 neste indicador. Um crescimento considerado positivo em relação ao ano anterior, em que a nota foi de 4,5. Lucas Langner, da Coordenadoria de Planejamento Informacional da Pró-Reitoria de Planejamento (Proplan) da UFSM, aponta que a Reputação Acadêmica é o critério mais relevante do QS Ranking já que, a partir dele, é possível destacar a importância que a comunidade acadêmica global dá para o ensino, a pesquisa e o ambiente acadêmico de cada instituição. Metodologicamente, Langner explica que “a avaliação deste item é feita através de uma extensa pesquisa global em que milhares de docentes, gestores, pesquisadores e demais nomes reconhecidos do ensino mundial, selecionam as instituições que consideram as melhores em sua área de atuação”.

Na classificação geral, a UFSM ocupa a 18º posição no ranking nacional. 

Atuação integrada aos ODS

Outro aspecto divulgado pelo QS ranking é com relação aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU. De acordo com os resultados e dados apresentados pelas Instituições para o trabalho feito com os ODS, elas são classificadas como Ouro, Prata, Bronze ou Candidatas. 

Até o ano passado a UFSM estava neste último grupo. No resultado divulgado agora, a Universidade recebeu a classificação Bronze e integra um grupo de apenas 253 medalhistas de bronze no mundo todo. No Brasil, apenas 13 instituições receberam essa condecoração. 

Em abril de 2022 a UFSM também obteve destaque em relação aos ODS no ranking THE.

Balanço dos resultados e perspectivas futuras

Marcelo Lopes Kroth, Coordenador de Planejamento Informacional, avalia que os resultados positivos que a UFSM vêm apresentando em diversos rankings é fruto do trabalho qualificado e integrado desenvolvido na Instituição. Em relação ao QS Ranking, Kroth destaca que “o resultado não demonstra apenas a qualidade da pesquisa, mas a força em comunicar e o impacto que essa pesquisa causa em todo o mundo”.

Para que esses números e resultados sejam cada vez mais positivos, a Proplan tem buscado desenvolver estratégias para que a UFSM figure com cada vez mais protagonismo em diferentes rankings. Além de um extenso trabalho de organização de dados e iniciativas realizadas, de forma a atender as exigências de cada tipo de avaliação, Langner explica que uma série de ações afirmativas estão sendo feitas para aumentar o reconhecimento da UFSM entre a comunidade acadêmica mundial. Neste caso, foram contatados respondentes buscando lembrar e informar da importância científica e protagonismo da instituição perante o mundo. “Esse trabalho já apresentou  resultados positivos para a Universidade. Essa ação, iniciada no ano passado, possibilitou que a UFSM aumentasse sua nota de Reputação Acadêmica”, exemplifica Lucas.

O ranking

O QS ranking é um levantamento global que analisa e compara, anualmente, as melhores universidades do mundo por região e assunto. Os resultados apresentados neste ano se referem a 2023 pois a iniciativa visa orientar estudantes para a escolha da melhor instituição de ensino para o ano seguinte.  

Além da Reputação Acadêmica, para realizar a classificação das instituições, são avaliados outros sete critérios: Reputação entre empregadores; Proporção de professores e alunos; Citações científicas; Proporção de docentes estrangeiros; Proporção de estudantes internacionais; Rede Internacional de Pesquisa e Resultados de emprego.

Os resultados completos podem ser encontrados no site do QS Ranking.

 

Texto: Mariana Henriques, Agência de Notícias da UFSM

Divulgue este conteúdo:
https://ufsm.br/r-1-58835

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes