Ir para o conteúdo UFSM Ir para o menu UFSM Ir para a busca no portal Ir para o rodapé UFSM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Atletas da UFSM são convocados para os Jogos Universitários em Fortaleza



Foto colorida horizontal mostra cinco alunos de uniforme (regata branca) e o professor na pista de atletismo posando de frente para a foto
Professor Luiz Fernando Cuozzo Lemos e cinco dos seis atletas da UFSM convocados

Seis atletas de diferentes modalidades e cursos foram convocados para representar a Universidade Federal de Santa Maria nas finais do atletismo nos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs), que ocorrem em setembro, em Fortaleza (CE). Neste ano acontece a 67ª edição do evento, que reúne jovens de todo o país, com 14 modalidades diferentes.

Formado em Educação Física em 2008, Luiz Fernando Cuozzo Lemos já foi atleta da Seleção Brasileira de Canoagem, e é professor da UFSM há dois anos. Ele é coordenador do projeto que auxilia e encaminha jovens para a participação em competições.

Segundo Luiz Fernando, o excelente desempenho foi fundamental para a convocação dos atletas para a fase nacional deste ano. “A seleção dos jovens para participar dos JUBs foi oriunda dos resultados que eles obtiveram nos Jogos Universitários Gaúchos. Pelo segundo ano consecutivo a UFSM foi campeã geral. Neste ano houve muitos melhoramentos das marcas individuais, o que fez com que os alunos fossem grandes destaques do evento”, destaca.

O planejamento antes das competições precisa ser pensado com cautela para ser realizado da melhor forma. Os treinamentos acontecem na pista do Centro de Educação Física e Desportos (Cefd), no campus sede da UFSM, com uma rotina que exige muita dedicação. “Como é uma competição individual, a tua prova depende de ti, do teu corpo, do teu físico, do teu estado emocional, psicológico, motor. É preciso um treinamento bem planejado, um bom descanso e uma alimentação adequada para ter melhores desempenhos”, comenta Luiz Fernando sobre a preparação dos atletas.

Mesmo com excelentes resultados e evoluções, os alunos não ganham nenhum tipo de remuneração, e em muitos casos os atletas precisam custear seus gastos, já que não há auxílio financeiro. Em consequência dessa falta de investimento, das 24 vagas abertas pelo JUBs na categoria de atletismo para o estado, 11 atletas da UFSM foram convocados, mas apenas seis irão participar da competição – destes, apenas um com ajuda de custo.

“Apesar da falta de apoio financeiro, o aporte que tem sido oferecido está sendo muito bom. É uma satisfação pessoal muito grande. Ver esses meninos e meninas convocados para jogos a nível nacional representando a nossa Universidade, o Rio Grande do Sul, mostra que o resultado está acontecendo e isso é apenas o início, temos muito pela frente”, finaliza Luiz Fernando.

Atualmente organizado pela Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU), desde o ano passado os JUBs acontecem em três fases: estadual, regional e a fase nacional, que será realizada de 21 a 28 de outubro, em Salvador (BA). No entanto, por problemas técnicos, a pista de atletismo não ficou pronta a tempo, então a categoria foi antecipada e acontecerá na cidade de Fortaleza, de 12 a 15 de setembro. 

Confira um pouco sobre os atletas da UFSM convocados:

Foto colorida em formato quadrado mostra o atleta posando para foto na pista de atletismo do Cefd
Adriano Alexandre Velozo

Adriano Alexandre Velozo, 18 anos, primeiro semestre de Educação Física bacharelado. “Iniciei o atletismo no ensino médio, é uma coisa nova que depende muito da gente, é muito individual. Foi um desafio enorme começar, sempre gostei de esporte, então, isso me motivou bastante, aprendi o básico e quis aprender mais e desde então estou evoluindo. A expectativa é muito grande, a dedicação é muita e eu quero buscar um pódio lá, estou me dedicando e buscando fazer o meu melhor para representar a Instituição. É muita emoção. Essa é uma ótima oportunidade para a UFSM aparecer em nível nacional e eu tenho certeza que todos que vão representar a Universidade estão treinando muito pra dar o seu melhor. Vou competir no lançamento de disco, arremesso de peso e revezamento 4x100m”.

Foto colorida em formato quadrado mostra atleta posando para foto na pista de atletismo do Cefd
Bruna Alves Teixeira

Bruna Alves Teixeira, 20 anos, sexto semestre de Economia. “Pratico esporte há oito anos. Minha escola já competia no Jergs, então comecei a gostar e me destacar nas competições. Com 11 anos já ganhava as competições da minha categoria. Com 13 anos eu fui treinar na UCS, que é uma equipe de atletismo de Caxias do Sul. Desde então comecei a competir em estaduais. Com 14 anos competi nos Jogos Escolares da Juventude, em Natal. Com 16 participei da mesma competição em Maringá, na categoria de mil metros rasos. Quando eu entrei na universidade não existia nenhuma equipe de atletismo, mas quando eu descobri que o Luiz tinha aberto esse projeto, me inscrevi e comecei a participar. O esporte é muito importante pra mim, é um estilo de vida, uma coisa que vou levar por muito tempo comigo. A minha expectativa é boa, estou feliz em poder participar, nem achava que conseguiria ficar entre os 10 atletas que vão ganhar auxílio da viagem. Então, além da convocação, vou ter esse direito, o que é ainda melhor. Estou treinando em torno de cinco vezes na semana para chegar bem na competição. Vou competir nos 3.000m com obstáculo e 800m”. Bruna também vai representar a UFSM no Troféu Brasil de Atletismo (ver link).

Foto colorida mostra a atleta posando para foto na pista de atletismo do Cefd
Daniela Pegoraro

Daniela Pegoraro, 18 anos, primeiro semestre de Pedagogia e segundo semestre de técnico em Secretariado. “Comecei a competir pela Universidade no início deste ano e consegui bons resultados nesse pequeno tempo. Sempre pratiquei esportes, mas o atletismo comecei no início do ano. A prática do esporte ajuda a ter uma vida saudável, além de benefícios físicos e mentais. Estou na expectativa de trazer bons resultados e de fazer uma boa competição, vou competir no salto triplo”.

Foto colorida mostra o atleta posando para foto na pista de atletismo do Cefd
Gustavo Wagner Dallafavera

Gustavo Wagner Dallafavera, 20 anos, terceiro semestre de Educação Física bacharelado. “Pratico esportes desde muito cedo, influenciado pelos meus pais, minha mãe era atleta de vôlei e meu pai, goleiro profissional. Atualmente integro as equipes de atletismo e futsal da Universidade. Pelo futsal já tive oportunidade de atuar pela Assoeva e no atletismo já competi defendendo as cores da Sogipa, maior clube do estado. O esporte foi a maneira que eu encontrei de fazer o que eu gosto, ter uma vida saudável, conhecer pessoas e lugares. Graças ao atletismo tive a oportunidade de conhecer diversos estados e cidades do Brasil e até mesmo do exterior. Estou com a cabeça 100% direcionada para a competição em Fortaleza e tenho altas expectativas. Pretendo ficar entre os cinco primeiros no salto em distância e melhorar minha marca pessoal. Vou competir no salto em distância, 100m rasos e revezamento 4×100″.

Foto colorida em formato quadrado mostra o atleta posando para foto na pista de atletismo do Cefd
Maurício da Silva Moreira

Maurício da Silva Moreira, 20 anos, sexto semestre de Educação Física bacharelado. “Tudo começou quando fiz a cadeira de Atletismo 1, onde conheci o professor Luiz Fernando e já no mesmo semestre recebi convite para fazer parte de um revezamento 4×100 em uma competição em São Leopoldo, a 30° copa Unisinos. Juntamente com meus companheiros conquistamos o 1° lugar, algo surpreendente, principalmente por se tratar da minha primeira competição. O atletismo tem uma importância muito grande. Além de fazer bem para a saúde, proporciona experiências incríveis, conhecer novos lugares, novas culturas, fazer novas amizades. Estou indo para competir no decatlo, que é uma modalidade de 10 provas combinadas, competidas em dois dias, sendo cinco em cada dia. Espero fazer o meu melhor, aproveitar ao máximo a experiência de competir ao lado de atletas de altíssimo rendimento, e tenho como meta ficar entre os 7 melhores”.

André Vargas de Sena, 22 anos, oitavo semestre de Educação Física bacharelado. “Pratico esportes desde a minha infância, participava de equipes de futebol, futsal, vôlei e handebol, desde o ensino fundamental até o médio. Após entrar na faculdade, eu conheci o atletismo e acabei descobrindo um certo potencial. Comecei a treinar em 2016 e vi que os resultados estavam melhorando. Fui atrás dos Jogos Universitários Gaúchos e felizmente tive um resultado muito legal. Consegui ganhar o primeiro lugar nos 100 metros em 2017 e já na primeira competição consegui classificação para o JUBs daquele ano, em Goiás. Esporte é saúde e eu acredito que seja uma ferramenta que pode salvar vidas. Esse ano a expectativa é grande, treinamos muito desde o início do ano, estamos focados e acredito que vai sair um bom resultado. Se nós fizermos tudo o que estamos fazendo nos treinamentos, com certeza vamos entrar na disputa para conseguir um resultado muito bom. Vou competir nos 100m rasos, 200m rasos e revezamento 4x100m rasos”.

Texto: Vitória Parise, acadêmica de Jornalismo, bolsista da Agência de Notícias

Fotos: Ana Laura Mayumi Iwai, acadêmica de Jornalismo, bolsista da Agência de Notícias

Edição: Ricardo Bonfanti


Publicações Recentes