Ir para o conteúdo UFSM Ir para o menu UFSM Ir para a busca no portal Ir para o rodapé UFSM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

UFSM tem até 31 de janeiro para finalizar a catalogação do inventário dos bens da Universidade



Até o dia 31 de janeiro a UFSM está realizando a catalogação do inventário da Universidade. O levantamento é um dispositivo legal, obrigatório, que  deve ser realizado uma vez ao ano, em todos os entes da Administração Pública Federal. 

O procedimento tem como objetivo a verificação do controle físico e contábil sobre a incorporação, movimentação, responsabilidade, guarda, utilização e destinação de todos os bens móveis pertencentes à UFSM, contribuindo para uma melhor eficiência e transparência na gestão do acervo patrimonial da Instituição. Assim, é possível prezar pela atualização de informações, responsabilização e a identificação de eventuais inconsistências físicas ou documentais, além da prestação de contas aos órgãos de controle. 

Conforme Zaloar de Morais, diretor da Divisão de Patrimônio (DIPAT) da UFSM, atualmente a Instituição tem a descentralização de bens públicos para um maior controle. “Como esse levantamento é de todos os bens da Instituição, todos os setores devem fazer a catalogação. Assim, a ação fica sob a responsabilidade de chefes e diretores de Unidade, Centros de Ensino, Pró-Reitores, Departamentos e Cursos”, destaca o diretor. 

Após o levantamento, as informações do inventário serão depuradas e as inconsistências tratadas caso a caso. Se alguma unidade não localizar determinado bem, serão apurados os fatos e tomada uma medida legal.

No entanto, mesmo com o prazo final próximo, o trabalho ainda precisa ser finalizado. De acordo com informações do Departamento de Material e Patrimônio (DEMAPA), até o dia 19/01, apenas 64,4% do levantamento já havia sido realizado.  Para atender a legislação vigente sobre bens públicos, efetivar controle patrimonial e prestar de contas aos órgãos de controle, a UFSM tem até o dia 31 de janeiro de 2021 para terminar a catalogação.

A tarefa pode ser realizada acessando a caixa postal nos portais da Universidade ou através do sistema Portal Patrimônio. Como ferramenta de apoio para a conferência dos bens permanentes da Instituição, foi disponibilizado também o aplicativo Inventário UFSM, que pode ser baixado do Google Play, proporcionando maior agilidade e autonomia aos conferentes. Um memorando circular e um manual com orientações para Comissões de Inventário já foram disponibilizados anteriormente. Dúvidas podem ser encaminhadas para o e-mail patrimonio@ufsm.br

O projeto de catalogação do inventário é de competência da Pró-Reitoria de Administração (PRA) e do Departamento de Material e Patrimônio (DEMAPA). A gestão e o acompanhamento do inventário é conduzido pelo setor de Patrimônio  da UFSM.

Texto: Laura Coelho de Almeida, bolsista da Assessoria de Comunicação do Gabinete do Reitor.
Edição: Mariana Henriques, Assessoria de Comunicação do Gabinete do Reitor.


Publicações Recentes