Ir para o conteúdo UFSM Ir para o menu UFSM Ir para a busca no portal Ir para o rodapé UFSM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Revista Arco realiza segunda oficina de jornalismo em quadrinhos, com Pablito Aguiar



Nesta terça-feira (23), a Revista Arco promoveu uma oficina sobre jornalismo em quadrinhos com o designer Pablito Aguiar. O evento teve mediação do jornalista Augusto Paim e contou com a presença de mais de 40 participantes de diversos estados brasileiros. Em fevereiro, a Arco havia realizado a primeira oficina, na qual Paim apresentou os resultados de sua tese sobre reportagem em quadrinhos, realizada na Universidade Bauhaus, na Alemanha.

Formado em Design pela Unisinos, Pablito Aguiar contou sobre sua trajetória pessoal e profissional com o desenho e seus projetos de entrevistas em quadrinhos. No primeiro momento, o quadrinista trouxe relatos sobre sua infância e adolescência, e sobre um projeto que fez enquanto ainda estava na graduação, em que aproveitava o longo trajeto entre sua casa e a universidade para desenhar os passageiros que estavam sentados nos bancos próximos aos seus. Na época, Pablito foi convidado pela Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre, a Trensurb, para expor os seus desenhos nas estações do metrô.

Quando questionado sobre seu interesse pelos quadrinhos, Pablito contou que foi natural, devido às leituras de quadrinhos que fazia e ao fato de ter trabalhado em um jornal em Alvorada: “Uma pessoa que me inspirou muito foi o argentino Liniers, que fazia entrevistas em quadrinhos com artistas famosos para o jornal La Nación. Então tive a ideia de propor algo parecido, entrevistar moradores da minha cidade para valorizar a história de Alvorada, e eles toparam”, conta o designer. Enquanto trabalhava no jornal “A Semana”, o cartunista realizou o projeto “Alvorada em Quadrinhos”, para o qual ele entrevistava moradores da cidade e depois contava suas histórias por meio dos quadrinhos. Posteriormente, esse trabalho virou livro e foi distribuído nas escolas públicas da cidade. Ele conta que decidiu fazer tal projeto pois sentia um interesse em documentar a história da sua cidade e de seus moradores.

Em 2018, Pablito deu seguimento ao seu projeto de entrevistas em quadrinhos, mas desta vez em Porto Alegre. Lá entrevistou nove pessoas e contou suas histórias. Porém, em vez do jornal, ele as publicou nas redes sociais, visando a um alcance maior.  Esse projeto foi interrompido devido à pandemia de Covid-19.

Trabalho reconhecido nacionalmente

Por conta da pandemia, Pablito precisou encontrar novas maneiras de realizar as entrevistas em quadrinhos, e foi então que decidiu dialogar com as pessoas através da internet, perguntando sobre suas rotinas durante este período pandêmico. Para uma dessas histórias, ele foi procurado por um grupo de amigos que queriam contar sobre uma amizade que surgiu, durante a pandemia, com o vizinho deles, que vivia do outro lado de uma avenida em Porto Alegre. Essa entrevista fez tanto sucesso que os “personagens” e Pablito foram convidados a participar de uma matéria no programa Fantástico, da Rede Globo. 

Ao final da oficina, Pablito contou suas expectativas de trabalho, que incluem contar histórias de pessoas do Brasil inteiro assim que for possível viajar novamente.

Mesmo sem ter formação na área do jornalismo, Pablito enfatiza que têm Eliane Brum como inspiração e que foi principalmente a partir da leitura dos livros dela, como “O olho da rua” e “A vida que ninguém vê”, que aprendeu a como exercitar o olhar empático e fazer uma boa entrevista. 

 O jornalismo em quadrinhos é uma área em crescente no mercado e, para Pablito, que é tido como referência por muitos, a principal dica é “Faça! Fui aprendendo na prática, assim como aprendi a enfrentar a minha timidez na hora das entrevistas. Quanto mais praticamos, mais nos conhecemos e melhor ficamos naquilo que escolhemos fazer”, enfatiza o designer.

Reportagem: Alice Santos, acadêmica de Jornalismo e voluntária na revista Arco

Ilustração: Yasmin Faccin, acadêmica de Desenho Industrial e bolsista na revista Arco

Mídia Social: Nathalia Pitol, acadêmica de Relações Públicas e bolsista na revista Arco

Edição: Luciane Treulieb, jornalista

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes