Pular para o conteúdo
Imagem do brasão composta por quatro elementos: escudo, flor de lis, archotes e lema.
Português English Español Français Italiano
Início do conteúdo

FAQ – Perguntas Frequentes

A seleção a todos os cursos de pós-graduação da UFSM ocorrem via edital público. São lançados dois editais de seleção por ano, um próximo ao meio do ano (geralmente em maio) e outro próximo ao final do ano (geralmente em outubro). É importante salientar que nem todos os cursos abrem vagas duas vezes ao ano.

Os editais, de 2015 em diante, são publicados na seção de Editais da página da UFSM na internet (http://site.ufsm.br/editais/), selecionando a opção “Pós-Graduação” e após o “Tipo” ou “origem (PRPGP)”, ou diretamente através deste link: http://site.ufsm.br/editais/prpgp.

Dúvidas específicas a respeito dos editais de seleção podem ser encaminhadas à Coordenadoria de Pós-Graduação da PRPGP, através do telefone 55.3220.8214 ou pelo e-mail cpg.prpgp@ufsm.br.

Demais informações sobre os cursos de pós-graduação da UFSM, deve-se entrar em contato com cada programa, as formas de contatos podem ser obtidas na página da PRPGP no menu pós-graduação, onde os cursos estão organizados por nível (Especialização, Mestrado e Doutorado).

Os editais de seleção são compostos de quatro passos principais, que são:

1. Inscrição do candidato (primeira etapa);
2. Divulgação do resultado final dos classificados (terceira etapa);
3. Solicitação de confirmação da vaga e entrega ou postagem dos 
documentos dos candidatos classificados (quarta etapa);
4. Matrícula (quinta etapa).
Todos esses itens estão detalhadamente descritos em cada edital de seleção.

 

Não, todos os cursos de mestrado da UFSM são presenciais. Os cursos de pós-graduação a distancia da UFSM possuem nível de especialização – lato sensu.

As informações sobre os cursos de pós-graduação da UFSM podem ser obtidas na página da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa – PRPGP (www.ufsm.br/prpgp), no menu pós-graduação, onde os cursos estão organizados por nível (Especialização, Mestrado e Doutorado). Salientamos que dúvidas acadêmicas como a bibliografia a ser utilizada como referência no processo seletivo ou a indicação de orientadores, por exemplo, devem ser tratadas diretamente com a coordenação de cada curso. Na página anteriormente citada, estão publicados os dados de contato dos cursos.

Informações a respeito de cursos EaD da UFSM devem ser solicitadas diretamente ao Núcleo de Tecnologias Educacionais – NTE, através do telefone (55) 3220.8007 ou do endereço de e-mail administrativo@nte.ufsm.br.

Consulte o tutorial de defesa de MDT através deste link.

O teste de suficiência em língua estrangeira da UFSM é normatizado pela Resolução n. 003/2010. Ele é realizado duas vezes ao ano (uma vez a cada semestre) e as datas de inscrição e realização do teste podem ser consultadas no Calendário Acadêmico anual da UFSM e seu edital é divulgado também no site da PRPGP.

Sim, desde que feito de acordo com o Art. 7º da Resolução n. 003/2010. Nele, fica estabelecido que o requerente deve encaminhar a solicitação de revalidação de teste de suficiência em língua estrangeira ao colegiado do seu curso.

 

Duas vezes ao ano (próximo ao início de cada semestre) o Departamento de Registro e Controle Acadêmico – DERCA lança, em sua página de editais, o edital de abertura de inscrição a categoria de Aluno Especial I em disciplinas de pós-graduação. Podem participar do processo seletivo aqueles que se encaixam nas situações previstas no Art. 57 do Regimento Interno da Pós-Graduação, abaixo citado:
“Art. 57 A critério da coordenação do programa, desde que previstos no regulamento do programa, a matrícula especial poderá ser concedida nos seguintes casos:
I – discentes de graduação de qualquer IES com, no mínimo, setenta e cinco por cento dos créditos necessários à conclusão do seu curso e participantes de projeto de pesquisa aprovados no âmbito da Instituição, cabendo ao coordenador do projeto a responsabilidade pela solicitação com as devidas justificativas à coordenação;
II – discentes vinculados a programas de pós-graduação de outras IES nacionais ou estrangeiras, cabendo à coordenação do programa de origem do discente a responsabilidade pela solicitação à Coordenação do Programa de Pós-Graduação da UFSM;
III – portadores de diploma de curso superior, participantes de projeto de pesquisa aprovados no âmbito da Instituição, cabendo ao coordenador do projeto a responsabilidade pela solicitação à Coordenação do Programa de Pós-Graduação da UFSM; e
IV – servidores portadores de diploma de curso superior da Instituição e de outras IES, cabendo ao chefe imediato a responsabilidade pela solicitação à coordenação.
§ 1º Salvo para os candidatos previstos no inciso II, a matrícula especial em disciplinas de pós-graduação é limitada a uma disciplina por semestre para cada discente e, no máximo, a duas matrículas especiais em um programa de pós-graduação.
§ 2º O discente poderá fazer disciplinas, no máximo, em dois programas distintos, respeitando os critérios no parágrafo 1º deste artigo, podendo totalizar, em quatro semestres distintos, quatro disciplinas como discente especial na Instituição.”


A solicitação de matrícula como Aluno Especial ocorre em quatro etapas:
1 – Requerente solicita matrícula, via Web;
2 – Requerente envia documentação para a coordenação do curso;
3 – Curso envia ao DERCA os pedidos deferidos;
4 – Requerente executa a matrícula junto ao DERCA.
As datas específicas a cada uma das etapas da solicitação de matrícula como Aluno Especial I estão estipuladas no Calendário Acadêmico anual da UFSM (publicado pelo DERCA). De acordo com os parágrafos 1º e 2º do inciso IV do Art. 57 do Regimento Interno da Pós-Graduação, “a matrícula especial em disciplinas de pós-graduação é limitada a uma disciplina por semestre para cada aluno e, no máximo, a duas matrículas especiais em um programa de pós-graduação”. Além disso, “O discente poderá fazer disciplinas, no máximo, em dois programas distintos… podendo totalizar, em quatro semestres distintos, quatro disciplinas como discente especial na Instituição”.

Favor consultar o item 7 do Manual de Métodos da PRPGP.

A matrícula. É através dela que o aluno mantém sua situação ativa junto à instituição. Durante todo o período de permanência junto ao curso/programa é necessário manter-se matriculado, mesmo após a conclusão das disciplinas obrigatórias (durante a fase de produção de artigo, monografia, dissertação ou tese), e inclusive durante o período de prorrogação de defesa, quando for o caso. Observação: a matrícula é semestral e o período de solicitações de matrícula é previsto no calendário acadêmico anual.

Sim. Para saber mais informações a respeito consulte a Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis – PRAE, através do site www.ufsm.br/pro-reitorias/prae ou pelos telefones 3220 8394/8310.

Favor entrar em contato diretamente com a Biblioteca Central – BC pelo telefone 3220 8651.

De acordo com a Resolução 016/2013 somente é permitido o registro acadêmico simultâneo em mais de um curso de pós-graduação nas seguintes situações:
I – quando um registro seja em curso Lato Sensu e outro no Stricto Sensu e que, no momento da matrícula no curso Stricto Sensu, o discente esteja regularmente matriculado em curso Lato Sensu há, pelo menos, um semestre letivo; e
II – quando da passagem direta do Curso de Mestrado para Curso de Doutorado.

Mestrado Profissional” é a designação do Mestrado que enfatiza estudos e técnicas diretamente voltadas ao desempenho de um alto nível de qualificação profissional. Esta ênfase é a única diferença em relação ao acadêmico. Confere, pois, idênticos grau e prerrogativas, inclusive para o exercício da docência, e, como todo programa de pós-graduação stricto sensu, tem a validade nacional do diploma condicionada ao reconhecimento prévio do curso (Parecer CNE/CES 0079/2002).